O Homem-Aranha oficialmente não faz mais parte do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU), e agora parece que ambos ficarão mais limitados em alguns aspectos. Isto é, em algumas histórias que envolvem o Cabeça de Teia que não poderão mais ser realizadas, por conterem personagens ligados ao MCU.

Aqui, listamos algumas histórias do Homem-Aranha

Confira abaixo.


Guerras Secretas

Todos os fãs da Marvel imploram que a próxima grande saga do MCU seja Guerras Secretas, e talvez isso aconteça. Mas sem o Homem-Aranha. Dessa forma, não poderemos ver o herói ganhando seu traje simbionte de origem clássica, como aconteceu nos quadrinhos.

Quarteto Fantástico e a Fundação Futuro

Agora que o Homem-Aranha saiu do MCU, não poderemos vê-lo interagindo com as futuras novas versões do Quarteto Fantástico. Isso pesa, considerando que o herói apareceu pela primeira vez em uma HQ do grupo, e também invalida a presença da Fundação Futuro, que garantiu um dos trajes mais bacanas do herói.

Homem-Aranha e os X-Men

Mais um grupo que está chegando de volta ao MCU, mas agora sem o Cabeça de Teia. A minissérie de 6 partes de Elliott Kalan coloca Peter Parker comparecendo à escola para mutantes de Charles Xavier após a morte de Wolverine, tornando-se o substituto do Carcaju.

Homem-Aranha vs Rei do Crime

Wilson Fisk foi criado originalmente como vilão do Homem-Aranha, mas acabou sendo “adotado” pelo Demolidor. Mais um confronto que jamais poderemos ver no MCU quando o estúdio trouxer seus heróis de volta da Netflix.

Aranha-Hulk

Infelizmente, não houve oportunidade para que o Hulk de Mark Ruffalo interagisse com o Aranha de Tom Holland no MCU, e isso não é mais possível. Tampouco veremos a bizarra fase do Aranha-Hulk, quando Peter Parker é atingido por raios-gama e se transforma em um misto entre os dois personagens.

Homem-Aranha e Justiceiro

Antes de ser um anti-herói violento na Marvel, o Justiceiro de Frank Castle foi apresentado como um antagonista do Homem-Aranha. É uma relação divertida, considerando a natureza mais violenta de Castle com a inocência de Peter Parker.