Em Supernatural, os relacionamentos amorosos dos irmãos Winchester nunca foram o tema central da série. Mesmo assim, durante as 14 temporadas já lançadas, a produção contou com alguns casais interessantes e bem recebidos pelo público.

Outros, no entanto, não ganharam o coração dos fãs. A maioria acabou eliminada da série rapidamente.

O site Screen Rant listou os 5 casais de Supernatural que não agradaram os fãs!


Dean e Anna

O relacionamento de Dean e Anna nunca poderia dar certo. Anna era uma mulher que sofria com as perseguições de demônios e anjos. Ela acaba descobrindo que é uma anjo, presa na terra sem suas memórias. Dean passa uma noite com ela, mas a conexão não durou muito.

Sam e Amelia

O namoro de Sam e Amelia aconteceu em um momento inoportuno. Dean estava preso no Purgatório, e seu irmão preferiu entrar de cabeça em um relacionamento ao invés de procurá-lo. Quando Dean retornou, Sam decide abandonar Amelia e retornar à vida de caçador.

Mary e Ketch

O relacionamento de Mary e Ketch não faz muito sentido. A mãe dos Winchesters e o espião dos Homens das Letras Britânico não combinavam nem um pouco. Além disso, o personagem confrontou Sam e Dean diversas vezes, e os atores não tinham química nenhuma.

Dean e Amara

A ligação de Dean e Amara era mais espiritual do que física. Ele libertou a entidade sobrenatural de seu exílio, e Amara ficou “agradecida” por sua ajuda. O namoro nunca funcionaria, já que a Escuridão é um dos seres mais poderosos já mostrados na série.

Sam e Ruby

Sam e Ruby tinham uma química invejável, e protagonizam algumas das melhores cenas da série. Sam parecia realmente amar a demônio, mas ela queria apenas usar o Winchester para libertar Lucifer e iniciar o Apocalipse. Na vida real, Jared Padalecki e Genevieve Cortese se casaram em 2010 e continuam juntos até hoje.

Confira também a sinopse da última temporada (que não deve ter Jeffrey Dean Morgan como John Winchester) e a o novo visual de Dean Winchester! Tudo isso e muito mais pro Observatório de Séries.