Já parecia óbvio à está altura, mas é preciso reforçar algumas coisas. Afinal, a trajetória da DC em seu universo nos cinemas não foi exatamente a mais coerente e bem-sucedida.

O novo Batman com Robert Pattinson não faz parte do DCEU, universo compartilhado que foi iniciado por O Homem de Aço e que continua com filmes como Aquaman, Shazam! e Aves de Rapina. Trazemos as provas aqui.

Confira abaixo.


Sem Ben Affleck

Quando Ben Affleck desistiu de dirigir seu filme solo do Batman, houveram meses de especulação para definir se o ator voltaria para uma nova aventura. Quando o ator confirmou sua saída e Robert Pattinson foi anunciado, alguns até seguiram crentes de que o filme seria um prelúdio, já que deve ser ambientado na década de 90. Mas esqueça, são versões diferentes de Bruce Wayne.

Jim Gordon diferente

Ainda não temos o elenco completo do novo filme do Batman, mas um dos nomes confirmados é Jeffrey Wright, que viverá o Comissário Jim Gordon. Obviamente, o ator não tem nenhuma semelhança com J.K. Simmons, que interpretou Gordon na linha do tempo de Ben Affleck, aparecendo em Liga da Justiça.

Uma nova estratégia

A ideia do novo filme de Matt Reeves está longe do DCEU. De acordo com a DC, a proposta é que The Batman inicie não apenas uma trilogia, mas também um micro universo de toda a Bat-Família, com o longa introduzindo heróis como Robin, Asa Noturna e Batgirl.

Zack Snyder não está envolvido

Outra evidência de que este Batman está completamente separado do DCEU é a ausência de Zack Snyder na produção executiva do filme. Basta lembrar que o diretor e sua esposa Deborah Snyder têm créditos em Aquaman e Mulher-Maravilha 1984, mesmo não participando mais da DC.

The Batman chega aos cinemas em 21 de junho de 2021.