Publicidade

Batman é herói? Aqui estão 5 momentos que provam que não!

Publicado por Victor Carvalho

26/10/2019 03:00

O Batman é um dos personagens mais icônicos de todos os tempos, não apenas nos quadrinhos da DC. Ele é amplamente considerado o mais popular super-herói da atualidade. No entanto… ele pode mesmo ser considerado um tradicional herói?

Recentemente, Robert Pattinson, escolhido para viver o próximo Batman, concedeu uma entrevista em que revelou que não considera o personagem exatamente um super-herói, mas alguém mais complicado – longe de ser um garoto de ouro, com uma moralidade e uma visão de mundo mais estranha.

A declaração, é claro, estranhou algumas pessoas – e não entendemos exatamente o por quê. Onde estão as mentiras? Aqui estão alguns momentos em que o Batman provou que Pattinson está completamente certo.

Se divertiu com o Coringa… depois o matou?

Nenhum momento dos quadrinhos foi mais debatido do que a última página de A Piada Mortal. O que realmente aconteceu? Batman matou mesmo o Coringa? O escritor Alan Moore explicou essa questão em uma entrevista.

“Para constar, minha intenção no fim desse livro era fazer com que os dois personagens vivenciassem um breve momento de lucidez em seu relacionamento muito estranho e provavelmente fatal um para o outro, chegando a um momento em que ambos percebem o inferno em que estão. Eles só podiam rir daquela situação absurda.”

A DC considera A Piada Mortal parte do seu cânone, então, para a editora, o Coringa continuou vivo. Mas Moore já deu todas as sugestões de que, em sua visão, ele matou mesmo o vilão – até mesmo como gesto de piedade.

Mas, de qualquer forma… uma das histórias mais icônicas de todos os tempos da DC termina com Batman rindo ao lado do cara que havia acabado de atacar – e potencialmente estuprar – Batgirl e torturado o Comissário Gordon? É isto mesmo, produção?

Recrutou crianças para acabar com vilões

Quantos garotos vestidos de Robin precisam morrer antes que Bruce Wayne perceba que é uma má ideia enviar crianças e adolescentes para combater chefes do crime e grandes vilões? Jason Todd e Stephanie Brown morreram. Dick Grayson foi baleado na cabeça. Damian Wayne já lutou contra o Exterminador antes mesmo de perder os dentes de leite.

A representação mais repreensível dessa tendência aconteceu em Grandes Astros: Batman e Robin, em que o Batman praticamente sequestra Dick e o faz passar por um treinamento perturbador. Não é uma boa história, mas ajuda a mostrar o quanto o Batman é psicótico com essa ideia. Essa vida tortuosa e perigosa já não é o bastante para ele?

Agrediu muitos de seus parceiros

O Batman não apenas recruta crianças para uma deprimente e perigosa vida de combate ao crime. Ele é física e emocionalmente abusivo com todos os seus parceiros desde a Era de Ouro. Isto não deveria ser surpresa para ninguém: um dos memes mais populares é de Batman batendo no Robin.

Até mesmo Stephanie Brown, que foi Robin por apenas um dia, sofreu abusos emocionais. Está bem claro que a Mansão Wayne é o tipo de casa em que as crianças precisam se comportar de acordo com o padrão – senão ganham um olho roxo. Que tipo de super-herói perturbado é este?

Colocou o Sr. Frio na cadeia por crimes que não cometeu

Quem lê histórias em quadrinhos da DC ou assistiu às suas animações sabe que o Senhor Frio não é exatamente o mais malvado dos vilões. Ele só quer salvar sua esposa, Nora, mas conta com métodos um tanto problemáticos. Ainda assim, ele não mereceu o que o Batman fez com ele recentemente.

Bruce teve um colapso mental quando sua noiva, Selina Kyle, terminou o casamento. Como forma de aliviar o estresse, Batman saiu à noite e acabou com o Senhor Frio, forçando-o a confessar ter cometido três assassinatos. Depois, ele o deixou com a polícia, ensanguentado. Ainda com medo do Batman, Frio imetiatamente confessou todos os crimes – que não cometeu – e foi preso.

Lutou contra heróis para defender vilões

Batman é estranhamente protetor quando se trata dos seus vilões. Seus problemas com o Capuz Vermelho são exemplo disso. O anti-herói, Jason Todd ressuscitado, conta com o objetivo de derrubar toda a elite corrupta e os maiores vilões de Gotham, coisa que Batman nunca pôde fazer.

No entanto… Batman é contra isto. Ele já deu uma surra em Jason por atirar no Pinguim, um dos seus vilões mais poderosos quando se trata de influência no crime organizado. Ele é tão fiel ao seu código de não matar a sangue frio que chega a ser psicótico.

Publicidade