A prisão de Jared Padalecki e outros escândalos do elenco de Supernatural

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No final de outubro, fãs de Supernatural ficaram chocados com a prisão de Jared Padalecki, que se envolveu em um escândalo de bebedeira em público e agressão na cidade de Austin, Texas.

Embora a detenção do intérprete de Sam tenha sido o caso mais grave do elenco de Supernatural, esta não foi a primeira vez que um ator da série se envolveu em polêmicas, confusões e controvérsias.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Confira abaixo as principais polêmicas e escândalos da história de Supernatural!

A saída de Mark Sheppard

Mark Sheppard rapidamente conquistou os fãs de Supernatural com sua performance memorável como o demônio Crowley. A popularidade do personagem foi tão expressiva que o ator britânico foi promovido de convidado especial a parte do elenco fixo da série.

Parecia que as aventuras de Crowley nunca teriam fim, até a abrupta morte do personagem no final da 12ª temporada. Mas por que Crowley morreu de uma maneira não inesperada?

Sheppard nunca falou diretamente sobre o motivo de sua saída, mas fãs e jornalistas especulam que desavenças com roteiristas e produtores tenham sido a razão da despedida do ator, principalmente ele postar em seu Twitter que “não existem planos” para trazer o personagem de volta.

Além disso, Mark Sheppard também já afirmou que não participaria mais de convenções e eventos para os fãs da série.

Anticristo

Castiel fez sua estreia na 4ª temporada de Supernatural e com assustadora rapidez se tornou tão popular quantos os Irmãos Winchester. Grande parte do sucesso do Anjo na série se deve ao carisma do ator Misha Collins, que faz de tudo para interagir com fãs nas redes sociais e manifestar apoio a uma verdadeira comunidade de admiradores no mundo inteiro.

No entanto, segundo uma Igreja Batista americana, Collin esconde um segredo terrível: o intérprete de Castiel seria o anticristo encarnado. Segundo a Igreja Batista Westboro, conhecida por suas posições intolerantes e retrógradas, Misha Collins é o filho de Satã, e está seduzindo jovens com seu carisma e talento.

O ator, é claro, levou a história na brincadeira e fez piada com a Igreja durante uma convenção de Supernatural, o que deixou os crentes ainda mais exaltados.

Assédio Sexual

Você se lembra de Cole Trenton? O ex-fuzileiro que decide matar Dean como vingança pelo assassinato do pai? Muitos fãs já esqueceram o personagem da 10ª temporada de Supernatural, principalmente pelo fato de sua trama não ter praticamente efeito nenhum no enredo geral da série.

Cole Trenton foi interpretado por Aaron Travis Wade. O ator foi acusado de abuso, assédio sexual e perseguição em 2016. Uma boa parte das vítimas eram fãs de Supernatural. O ator teria assediado mulheres ao vivo e pela internet, inclusive em convenções da série.

Ao ser acusado, Aaron Travis Wade tentou calar suas vítimas com processos judiciais, o que não acabou não funcionando.

Tweets polêmicos

Mark Pellegrino, o intérprete de Lucifer, também se envolveu em uma confusão com os fãs de Supernatural. O ator é conhecido por usar suas redes sociais, especialmente o Twitter, para compartilhar opiniões racistas, machistas e intolerantes em geral.

Milhares de fãs de Supernatural chegaram a assinar uma petição pedindo o banimento de Mark Pellegrino das convenções da série. O documento afirmava que “o ator já discutiu com fãs e usou expressões racistas e sexistas durante os debates”.

Masculinidade frágil

Muitos fãs de Supernatural enxergam contornos românticos no relacionamento de Dean e Castiel. Jensen Ackles e Misha Collins tem uma química inegável, e isso com certeza influenciou as fanfics de “Destiel”.

Jensen Ackles aparentemente não gosta nem um pouco de insinuações sobre a suposta bissexualidade de seu personagem. Em uma das convenções da série, uma fã se preparava para perguntar o painel de atores sobre uma possível confirmação de flertes entre Dean e Castiel quando foi impedida de participar por um dos produtores.

O momento causou uma grande reação dos fãs da série, que usaram suas redes sociais para protestar contra a reação do protagonista.

Piada sem graça

Há alguns anos, várias mulheres vieram a público com acusações de estupro e assédio sexual cometidos pelo ator Bill Cosby, conhecido por protagonizar a sitcom “The Cosby Show”.

Bill Cosby usava medicamentos soníferos para abusar de suas vítimas. O assunto, é claro, é um tema extremamente sério. Jensen Ackles e Jared Padalecki, no entanto, não parecem ter entendido esse simples fato.

Durante uma convenção realizada em 2017, a dupla de protagonistas de Supernatural foi criticada duramente por uma piada envolvendo os crimes de Cosby e sua predileção por drogar suas vítimas.

A prisão de Jared Padalecki

Finalmente, a maior polêmica da história de Supernatural.

Em 27 de outubro, Jared Padalecki foi preso na cidade de Austin, no Texas. O ator foi detido após uma confusão do lado de fora de um clube chamado Stereotype.

Segundo testemunhas que presenciaram a situação, o ator de Supernatural “deu um soco na cara de um barman” além de ter agredido o gerente geral depois de uma discussão.

Um amigo o levou para fora, na tentativa de acalmá-lo, mas acabou levando um mata-leão do Sam de Supernatural pouco antes das autoridades chegarem.

Mais tarde, Jared Padalecki tirou um maço de dinheiro do bolso, supostamente “entregando” para os policiais numa tentativa de suborno.

Conheça os momentos mais superestimados de Supernatural! Confira também a sinopse da última temporada (que não deve ter Jeffrey Dean Morgan como John Winchester, mas terá MUITOS retornos!) e o novo visual de Dean Winchester! Além disso, uma das estrelas quebrou o silêncio sobre um briga de bastidores! Tudo isso e muito mais pro Observatório de Séries.

Supernatural exibe atualmente sua 15ª e última temporada.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio