Atenção! Contém spoilers importantes de Star Wars: A Ascensão Skywalker

Star Wars: A Ascensão Skywalker chegou aos cinemas nesta semana, e vem dividindo as opiniões dos fãs da saga. Logo após o lançamento do longa, o diretor JJ Abrams bateu um papo com a imprensa e respondeu algumas das questões mais importantes.

O site Screen Rant listou todas as revelações feitas por JJ Abrams sobre o novo Star Wars; confira abaixo!


A revelação de Finn

Durante a jornada de Finn, Poe e Rey, o ex-Stormtrooper tenta revelar algo para Rey mas sempre é impedido ou distraído por algo em particular. O filme termina sem revelar o que o personagem queria dizer.

Na entrevista, JJ Abrams revelou que Finn contaria a Rey que também era sensível à Força, assim como ela.

Rey Palpatine

Uma das decisões narrativas mais controversas de Star Wars, o novo filme revelou que Rey não é uma “ninguém” como havia sido estabelecido nos capítulos anteriores, mas sim a neta do Imperador Palpatine, um dos mestres Sith mais poderosos de todos os tempos.

“Você não descobre quem é, você cria. Qualquer um pode ser qualquer coisa independente de onde venha”, explicou JJ Abrams sobre sua decisão.

O retorno de Palpatine

O retorno de Palpatine era esperado há muito tempo por fãs de Star Wars. Porém, quando a volta aconteceu, o impacto não foi tão grande. Em sua entrevista, JJ Abrams explicou porque era tão importante trazer de volta o vilão.

“A decisão de trazer Palpatine de volta se relaciona com a importância da linhagem Skywalker em todas as reviravoltas da história. De Anakin a Ben Solo. Então, faz sentido trazer o personagem para a conclusão da saga”, contou.

Retcon

Em Star Wars: A Ascensão Skywalker, Luke retorna como um fantasma da Força, com uma aparência bem diferente de sua última aparição em Os Últimos Jedi. No novo filme, ele pega o sabre de luz de Rey, ao contrário do que aconteceu no último longa.

Na entrevista, JJ Abrams garantiu que o momento não é um retcon dos filmes anteriores, mas sim uma mudança pessoal de Luke que aconteceu entre as duas histórias.

Rey e Kylo

Star Wars: A Ascensão Skywalker conseguiu conquistar os fãs do Rey e Kylo Ren como casal ao mostrar os personagens se beijando após a derrota de Palpatine. Infelizmente, o romance terminou pouco tempo depois, com a trágica morte de Ben.

JJ Abrams confirmou em seu Twitter, no entanto, que Rey e Kylo nunca seriam um casal. “Eles não tem algo sexual ou romântico. É mais como se eles fossem irmão e irmã, assim como aconteceu com o Luke e a Leia”, contou o diretor.