Atenção! Contém spoilers da temporada final de Vikings.

Com batalhas impressionantes, personagens carismáticos e tramas inteligentes, Vikings é uma das séries histórias de maior sucesso da atualidade. Juntando as histórias épicas dos guerreiros nórdicos com dramas pessoais e desenvolvimento de personagens, a série consegue mexer com as emoções do público.

Atualmente em hiato de Natal, Vikings retorna na semana que vem com “The Key” (A Chave), o quinto episódio da temporada final.


Enquanto o novo episódio não chega, o site CBR listou as cenas mais tristes de Vikings; confira abaixo!

Gyda

Ainda na primeira temporada de Vikings, Ragnar é confrontado com a mortalidade após o falecimento de sua filha. A personagem Gyda morre aos 14 anos por uma peste que assolava Kattegat.

A morte de Gyda foi um dos primeiros momentos tristes de Vikings, e representou a perda da inocência do casal Ragnar e Lagertha, que mudaram muito desde o evento desolador.

A revelação

Na quinta temporada de Vikings, Lagertha revela (não explicitamente) que Rollo é o verdadeiro pai de Bjorn. O jovem nórdico não aceita, e afirma que será para sempre filho de Ragnar, para a tristeza de Rollo.

A cena é triste sob todas as perspectivas envolvidas. Bjorn se entristece pela suposta revelação, Rollo se frustra com a reação do jovem e Lagertha fica presa no meio do fogo cruzado.

O destino de Ivar

Quando Ivar nasceu, Ragnar decidiu que o filho não teria um vida completa e normal como Viking devido à sua deficiência. Em um momento realmente triste, ele deixa o bebê para morrer na beira de um rio, se arrependendo logo depois.

No entanto, Aslaug salva o filho e o cria junto com os irmãos em Kattegat. A situação explica pelo menos sutilmente o temperamento do filho de Ragnar no futuro.

A morte de Athelstan

Em um dos momentos mais surpreendentes de Vikings, Floki mata Athelstan. A morte do personagem não causa tanto impacto, mas a reação de Ragnar sim. O guerreiro carrega o corpo do amigo caído e o enterra em um lugar secreto, se despedindo de uma das pessoas mais importantes de sua vida.

Depois da morte do cristão, Ragnar enfrentou um dos períodos mais difíceis de sua vida, fugindo da realidade para não encarar as grandes mudanças de sua vida.

A morte de Hali

Em “All The Prisoners”, o episódio mais recente de Vikings, Lagertha presencia a morte de Hali, seu neto e filho de Bjorn e Torvi. Para piorar a situação, o jovem garoto só foi colocado sob a tutela da avó para ficar em segurança durante a jornada de seu pai em busca do Rei Harald.

Hali é morto durante o ataque dos bandidos à aldeia de Lagertha. O garoto leva uma flechada por retaliação à resistência da Viking e as outras mulheres. Hali morreu nos braços de Lagertha, em uma cena de cortar o coração.