Atenção! Contém spoilers de Vikings.

Vikings é a série histórica mais popular da atualidade, com milhões de fãs no mundo inteiro e uma boa parte deles no Brasil. A série faz um ótimo trabalho ao combinar elementos históricos e narrativas cativantes.

Exibindo sua temporada final, Vikings promete dar um fim épico à história dos filhos de Ragnar.


Enquanto Vikings não termina, confira abaixo os momentos mais heroicos que já aconteceram na série!

A primeira batalha

Na primeira temporada de Vikings, a trama deixava claro que Ragnar e o Earl Haraldson estavam em rota de colisão. Ragnar era ambicioso e buscava aventuras, enquanto o governante de Kattegat valorizada a tradição.

No sexto episódio, os dois guerreiros lutam com honra, e Haraldson, que até então era visto como vilão, ganha o respeito do público ao morrer de maneira honrada.

O sacrifício de Siggy

Nem todos os atos heroicos acontecem em campos de batalha. Um dos maiores sacrifícios de Vikings foi feito por uma personagem subestimada por muitos fãs: Siggy.

Na terceira temporada de Vikings, Siggy pula em um lago congelado para salvar as vidas de Ubbe e Hvitserk, os filhos de Ragnar. A personagem até poderia ter escapado, mas acaba aceitando a morte ao lembrar de sua falecida filha, Thyri.

O discurso de Bjorn

O momento mais impactante da quinta temporada de Vikings foi o confronto final entre as forças de Bjorn e Ivar pelo controle de Kattegat.

Durante o segundo ataque à cidade, Bjorn diz ao povo de Kattegat que não quer matá-los, e que eles não tem obrigação nenhuma de seguir as ordens de Ivar. Com isso, ele consegue diminuir consideravelmente as forças do irmão e tomar o controle da cidade.

A batalha de Lagertha

“Death and the Serpent” marca um dos momentos mais trágicos de Vikings: a morte de Lagertha. A personagem é ferida em batalha e morre em Kattegat após ser apunhalada por Hvitserk.

Foi a última batalha da personagem que deixou os fãs com os olhos marejados, relembrando o motivo de Lagertha ser uma figura tão icônica. A guerreira enfrentou Whitehair sozinha, e recusou a ajuda de Gunhild e outras donzelas de escudo em seu momento de maior necessidade. Quando tudo parecia perdido, a grande guerreira vira o jogo e consegue superar o agressor.

“Death and the Serpent” também conta com outro momento heroico que não pode passar batido. Um guerreiro idoso da vila de Lagertha desafia os homens de White Hair, contando sobre suas antigas lutas e comemorando sua ida para Valhalla.

A morte de Ragnar

A morte de Ragnar foi extremamente heroica pela maneira que o protagonista encarou seu fim. Ele não abaixou a cabeça para as forças cristãs do Rei Aelle, e morreu desafiando o monarca e seus exércitos, prometendo que seus filhos buscariam vingança e prevendo sua chegada a Valhalla.

O fim do personagem foi tão épico que o próprio Odin desceu de Asgard para avisar a família do herói.

Vikings é exibida no Brasil pela Fox Premium 2.