The Witcher estreou no fim do ano passado e foi um dos trunfos mais importantes da Netflix para garantir a dianteira no mercado dos streamings em 2020. Contando com uma rica mitologia e personagens cativantes, The Witcher já garantiu uma segunda temporada.

Além de contar com várias tramas interlaçadas, The Witcher traz um antagonista em comum: o Império de Nilfgaard, que impressiona por seu poderio político e bélico.

O site Screen Rant listou algumas curiosidades sobre Nilfgaard em The Witcher; confira abaixo!


Ancestral

No início, Nilfgaard era um pequeno reino no Sul. De sua fundação à época dos eventos da série, o império cresceu e ganhou poder anexando vários outros territórios. Nilfgaard pode até ser um novo problema no continente, mas de forma alguma é um reino novo.

República

Embora a história de The Witcher não revele tantos detalhes sobre a fundação de Nilfgaard, sabe-se que o reino era no início de sua história uma república, controlada pelas decisões de um senado. Com a evolução do império e seu ganho de poder, Nilfgaard se tornou uma monarquia.

Elfos

No início da história de Nilfgaard, os primeiros habitantes do reino se misturaram com elfos que já moravam no Sul. Os elfos da área eram chamados de Seidhe Negros, e grande parte dos Nilfgaardianos ainda têm algum nível de sangue elfo em suas linhagens familiares.

Imperador

No tempo de Ciri e Geralt, Nilfgaard é uma monarquia absolutista. No entanto, ao invés de terem um Rei, os Nilfgaardianos são governados por um Imperador. O imperador atual de Niflgaard é Emhyr Var Emreis. É ele quem ordena o ataque ao reino de Ciri.

Usurpador

Emhyr Var Amreis se tornou Imperador após retomar seu trono das mãos de um usurpador. Este falso governante havia deposto o pai de Emhyr 25 anos antes da guerra. O nome do Usurpador foi perdido na história de um império.

Anexação

As províncias tomadas por Nilgaard são normalmente comandadas por um regente que reporta as atividades ao Imperador. Nas áreas em que um Rei se rende pacificamente aos exércitos do império, o trono é mantido e o monarca pode continuar governando seu território.

Exército

Nilfgaard é conhecido por contar com o maior exército do continente. Na época do ataque a Cintra, o império contava com mais de 320 mil soldados. Grande parte deste contingente foi enviada para Cintra e a outra permaneceu defendendo as fronteiras do império.

The Witcher está disponível na Netflix.