Thanos e ESTES personagens da Marvel estão melhores no cinema do que nos quadrinhos; veja

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Adaptações de histórias em quadrinhos muitas vezes estragam completamente o material original, trazendo mudanças de narrativa que não funcionam ou descaracterizando totalmente amados personagens.

Mas por outro lado, há certas mudanças que caem como uma luva – e acabam por melhorar os personagens originais! Um exemplo é Thanos, vilão das primeiras fases da Marvel.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Aqui, junto com Thanos, estão personagens da Marvel cujas versões dos cinemas são melhores que as das próprias histórias em quadrinhos.

Killmonger

Nas histórias em quadrinhos da Marvel, Erik Killmonger já foi um importante vilão do Pantera Negra, mas não chega nem perto da versão vivida por Michael B. Jordan.

Com a intensa performance do ator e uma história de fundo muito mais intrigante, além de uma motivação para lá de complexa, Killmonger se tornou um fantástico personagem nos cinemas.

Viúva Negra

Ao longo dos anos, Viúva Negra sempre teve dificuldade para encontrar uma identidade. Um pouco vilã? Um pouco heroína? Algo mais?

A personagem nem mesmo foi parte da primeira formação dos Vingadores nos quadrinhos. Na pele de Scarlett Johansson, adquiriu bem mais mais carisma.

Loki

Um dos maiores inimigos de Thor, Loki passou por muitas mudanças para estrear nos cinemas.

Todas funcionaram e acabaram elevando o nível do personagem, tanto como vilão quanto com o anti-herói que se tornou mais recentemente. Mas a verdade é que o mais importante foi o charme irresistível de Tom Hiddleston.

Todos os Guardiões da Galáxia

Não é segredo que absolutamente TODOS os Guardiões da Galáxia melhoraram muito passando dos quadrinhos para os cinemas.

Equipe insossa nos gibis da Marvel, os desajustados ganharam uma personalidade nova com o diretor James Gunn, que os transformou numa sensação do dia para a noite.

Mysterio

Sim, Mysterio é um dos mais antigos vilões do Homem-Aranha. Mas, sempre foi motivo de piada, principalmente por conta de sua aparência e ambição pífia.

Nos cinemas, Jake Gyllenhaal e sua enganadora cara de bom moço engrandeceram o vilão. O Mysterio dos cinemas é um cara extremamente perigoso por conta de toda a sua megalomania e manipulação.

Deadpool

OK, Ryan Reynolds não alterou muitas características do Deadpool para vivê-lo… pelo menos não da segunda vez, em 2016.

Mas ao simplificá-lo e misturar consigo tudo o que já tinha dado certo com o anti-herói nos quadrinhos, Reynolds o deixou bem mais atrativo para o grande público.

Dr. Octopus

Dr. Octopus já é um dos maiores vilões do Homem-Aranha nos gibis da Marvel e, nos cinemas, ficou melhor ainda.

Ao ser retratado pelo experiente Alfred Molina, Otto Octavius não foi apenas um maluco cometendo atrocidades, mas uma mente poderosa que, ao perceber que já tinha ido longe demais, decidiu terminar o trabalho.

O formidável vilão era tão consciente que até foi capaz de admitir seu erro quando tudo deu errado, salvando todos no fim.

Capitão América

Líder dos Vingadores, Capitão América foi considerado um super-herói sem graça nas histórias em quadrinhos por muito tempo. Patriota, às vezes parecia ranzinza e exageradamente conversador.

Com aparência mais jovem, mas essência veterana, Chris Evans melhorou tudo o que tinha de bom no super-herói e eliminou grande parte de seus problemas. O Capitão América virou símbolo de carisma, pureza e, mais importante, sabedoria.

Thanos

Muita gente acha incoerente o plano de Thanos de eliminar metade do universo para que os “sobreviventes” fossem salvos, mas isso não é o mais importante: este Titã Louco se enxergava como o herói de sua própria história. E fez de tudo para que assim fosse.

Este lado mais implacável de Thanos se encaixou bem melhor com sua persona que seu estranho interesse louco de satisfazer sua amada Morte dos quadrinhos.

Homem de Ferro

Não existe exemplo melhor de personagem de HQ que melhorou muito nos cinemas que o Homem de Ferro. Apesar da interessante história de origem, o Tony Stark dos quadrinhos era um sujeito muito… sem graça.

Desde seu surgimento, faltava algo que o “apimentasse” mais. Foi justamente isso que Robert Downey Jr. trouxe para o super-herói: adicionando muito de si mesmo no papel, o astro transformou Stark num poço de camadas e se saiu muito bem em retratar cada uma delas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio