Insuportáveis! Os coadjuvantes mais odiados de Vikings

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nem todos os personagens de Vikings são amados pelos fãs como Ragnar e Lagertha. A série épica conta com uma enorme quantidade de figuras interessantes, grande parte baseada em pessoas reais da história e mitologia.

O site Screen Rant listou os coadjuvantes mais odiados de Vikings; confira abaixo!

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Rei Aelle

Em uma série protagonizada pelos Vikings, reis cristãos não tem vez (exceto por Ecbert). O Rei Aelle foi o responsável pela morte de Ragnar, e por isso nunca será perdoado pelos fãs da série. Para a alegria dos espectadores, o monarca foi morto pelos filhos de Ragnar com a utilização da Águia de Sangue, o ritual mais brutal dos nórdicos.

Yidu

Yidu foi introduzida em Vikings em uma péssima situação. Como escrava, a personagem fez o que podia para garantir uma vida mais confortável. personagem desenvolveu um rápido “romance” com Ragnar, embora só tenha se interessado pelo viking para conseguir sua liberdade. É ela que dá ao protagonista uma droga que ajuda ele a controlar sua dor. Ragnar acaba viciado e mata Yidu quando ela se nega a fornecer mais da substância.

Erlendur

Erlendur foi introduzido em Vikings com o filho do Rei Horik e primeiro marido de Torvi. O personagem tinha muita inveja de Bjorn, o que piorou ainda mais depois que Torvi assumiu seus sentimentos pelo filho de Ragnar. No final de sua trama, Erlendur é morto pela própria Torvi com uma flechada.

Knut

Knut faz uma pequena participação na primeira temporada de Vikings, representando os piores aspectos dos guerreiros nórdicos. Ele tenta estuprar Lagertha durante uma das primeiras expedições dos Vikings, mas é morto pela guerreira.

Sigvard

Sigvard foi o segundo marido de Lagertha. Abusivo, ele tinha o costume de humilhar a guerreira e Bjorn na frente dos súditos. Ele também mantinha uma terrível inveja dos feitos de Ragnar. Cansada do tratamento abusivo, Lagertha apunhala o marido nos olhos enquanto seu primo corta a garganta.

Brithwulf

Você se lembra de Brithwulf? O personagem não aparece muito em Vikings, mas apenas por sua descrição pode ser considerado uma figura terrível. O tio da Rainha Kwentwirth era pedófilo e tinha o costume de estuprar a personagem quando ela ainda era uma criança. Felizmente, ele é morto em batalha por guerreiros Vikings e de Wessex.

Magnus

Se existe um personagem de Vikings que merece o rótulo de “insuportável”, é Magnus. No final das contas, Magnus não era filho de Ragnar. E chegar a essa conclusão nem era tão difícil. Desde sua primeira aparição em Vikings, o suposto herdeiro de Lothbrok e da Rainha Kwentwirth irritou fãs com sua insistência em ser classificado como um herdeiro direto do nórdico. Magnus era fraco, covarde e volúvel, voltando suas preces ao deus cristão no momento de maior terror na batalha. Sua morte não deixou saudades.

Vikings exibe sua temporada final.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio