Reveja os momentos mais desastrosos do Oscar

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Fãs de cinema já sabem: a maior celebração da sétima arte acontece neste domingo (8). O Oscar promete mais uma vez premiar os grandes artistas de um ano repleto de filmes memoráveis e performances inesquecíveis.

Mas nem só de honra e glória vive o Oscar… O site Nicki Swift listou os momentos mais vergonhosos da história da premiação; confira abaixo!

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Referência errada

Em 2015, o cantor britânico Sam Smith ganhou o Oscar por “Writing on the Wall”, música tema do filme 007: Spectre. No discurso de agradecimento, Smith afirmou ser o primeiro homem gay assumido a ganhar um Oscar. Na mesma hora, especialistas apontaram que Smith não era nem de longe um pioneiro na premiação, já que havia dado prêmios a Elton John, Dustin Lance Black, entre outros.

Vencedor errado

Uma das gafes mais memoráveis do Oscar aconteceu em 2017. Warren Beatty e Faye Dunaway apresentaram a categoria de Melhor Filme, e para a surpresa de todos, anunciaram o vencedor errado. Dunaway leu o nome de La La Land, enquanto o verdadeiro vencedor era Moonlight. O erro é lembrado até hoje por fãs da premiação.

Nome errado

Em 2014, Frozen estava na crista da onda. Idina Menzel, a intérprete de Elsa, foi convidada para cantar “Let It Go” no Oscar. A atriz e cantora foi apresentada por John Travolta, que errou terrivelmente seu nome. O astro de Grease chamou Idina Menzel de “Adele Dazeem”, em um momento realmente constrangedor.

Coincidência

Em 1934, a sexta cerimônia do Oscar foi palco de uma grande coincidência. Na categoria de Melhor Diretor, 2 dos 3 indicados compartilhavam o mesmo nome: Frank Lloyd e Frank Capra. O humorista Will Rogers anunciou o vencedor dizendo apenas “Venha cá, Frank!”. Capra se levantou para pegar o prêmio, e o momento ficou ainda mais constrangedor quando os holofotes indicaram que Lloyd era o verdadeiro vencedor.

Polêmica

Em 2000, a mídia conseguiu transformar um momento emocional entre Angelina Jolie e seu irmão em uma acusação terrível. A atriz apareceu beijando seu irmão Jamie no tapete vermelho do Oscar, e os jornais e revistas especializados não demoraram para sugerir rumores de incesto e questionar a proximidade entre os irmãos. Tudo não passava de um mal entendido.

Piada de mau gosto

Em 2016, Chris Rock apresentou a cerimônia do Oscar e fez uma piada que não agradou muita gente. O comediante abordou esteriótipos raciais sobre asiáticos em um número envolvendo três crianças com ternos e maletas executivas. Semanas depois, uma associação de atores e atrizes americanos de ascendência asiática enviaram uma carta de protesto para a Academia, que pediu desculpas em seguida.

Protesto

No início de 1973, O Poderoso Chefão estava prestes a vencer vários prêmios nas cerimônia do Oscar. Marlon Brandon, o Don Corleone, foi indicado (e venceu) a categoria de Melhor Ator. A recepção do prêmio dominou os tabloides o ano inteiro. Ao invés de subir ao palco para agradecer pelo Oscar, Marlon Brando enviou a jovem Sacheen Littlefeather, que usou a oportunidade para protestar pelo péssimo tratamento dado aos nativos-americanos nos Estados Unidos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio