Por muito tempo, a Netflix deteve o monopólio das plataformas de streaming, reinando dominante entre as concorrentes. Com o passar dos anos, serviços como Amazon e Hulu começaram a ameaçar a soberania da plataforma com grandes investimentos em conteúdo original.

Em 2020, o investimento em séries originais continua ainda mais forte. Por isso, a Netflix deve lançar algumas de suas produções mais criativas no novo ano.

De acordo com o site Screen Rant, algumas futuras séries da Netflix já deixaram os fãs preocupados.


Confira abaixo as escolhas do site!

Gentefied

Gentefied vai acompanhar um grupo de imigrantes mexicanos que vivem em Los Angeles e comandam uma loja de tacos no meio de uma vizinhança cada vez mais gentrificada. A série deve ser repleta de dramas familiares, cultura, humor e temas importantes. Como a série é uma comédia dramática, encontrar o equilíbrio entre os dois gêneros é essencial.

Alice In Borderland

O novo anime da Netflix é baseado em um video game e acompanha a jornada de Ryohei Alice, um jovem desempregado que encontra uma luz misteriosa e é transportado para uma versão vazia de Tokyo junto com os melhores amigos. Adaptações de games são perigosas, e a Netflix ainda não divulgou materiais suficientes para empolgar o público.

A Maldição da Mansão Bly

Originalmente, A Maldição da Residência Hill seria uma minissérie. Porém, a produção de terror fez tanto sucesso que a Netflix a transformou em uma antologia. A série original foi uma das mais elogiadas da plataforma, e por isso a nova temporada tem um grande legado para manter, e deve se esforçar para corresponder a expectativa dos fãs.

Warrior Nun

Baseada no mangá de mesmo nome, Warrior Nun acompanha a história de uma jovem que se envolve na batalha contra as trevas sob o disfarce de uma freira. A série deve unir temas polêmicos, como o catolicismo, violência e cenas de sexo. Por isso, a produção já vem causando polêmica.

Space Force

Space Force é uma comédia protagonizada por Steve Carrell que contará a história do desenvolvido da “força espacial” do exército americano. A série já foi comparada com The Office mesmo antes de sua estreia, e deve evitar traçar paralelos muito flagrantes com a icônica série de comédia.