Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato são duas partes de uma só história, mas isso não significa que os dois maiores filmes do MCU são iguais em tudo.

Ambos têm diferenças fundamentais em tom, narrativa, personagens e muitos outros aspectos. Por isso, o ScreenRant listou as 10 grandes diferenças entre Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato.


O tom

Vingadores: Guerra Infinita é um filme que diverte muito mais. Apesar das cenas sombrias, como a morte de Gamora e a Dizimação no final, o filme consegue ter momentos leves.

Vingadores: Ultimato é sombrio e dramático do começo ao fim. Em quase três horas, o filme emociona os espectadores de infinitas formas, tendo poucos momentos de leveza.

O ritmo

Em Vingadores: Guerra Infinita, temos uma corrida de gato e rato entre Thanos e os heróis da Marvel. O titã está sempre à frente, sempre vencendo os heróis, que estão correndo atrás do prejuízo.

Já em Vingadores: Ultimato, temos o contrário. Os heróis estão contra-atacando, tomando iniciativa e buscando reverter o que Thanos fez com o universo.

O líder

Vingadores: Ultimato e Vingadores: Guerra Infinita possuem líderes diferentes. Em Guerra Infinita, é o Capitão América/Steve Rogers quem se destaca, liderando a resistência em Wakanda.

Em Vingadores: Ultimato, nem precisamos dizer que o Homem de Ferro/Tony Stark é o grande líder, não é mesmo?

Thanos

A personalidade de Thanos é bem diferente em ambos os filmes. Ele é ameaçador nas duas produções, mas em Vingadores: Guerra Infinita ele exibe uma personalidade calma e serena. Ele sabe que vai vencer e não perde o controle em nenhum momento.

Em Vingadores: Ultimato, o Thanos apresentado é sanguinário, raivoso e desesperado.

Hulk

Quase não temos Hulk em Vingadores: Guerra Infinita. Nesse filme quem aparece é Bruce Banner, já que o Hulk é suprimido por Thanos no início da história.

Em Vingadores: Ultimato, temos o Professor Hulk, a versão perfeita do personagem de Mark Ruffalo, que reúne a inteligência de Banner com a força do Gigante de Jade.

Thor

O personagem de Thor talvez seja uma das mudanças mais drásticas de todas. Em Vingadores: Guerra Infinita, o Deus do Trovão está confiante, poderoso… e irresponsável.

Tudo isso o leva ao fracasso no combate contra Thanos, o que faz com que Thor retorne em Vingadores: Ultimato como apenas uma sombra do guerreiro que foi um dia. No fim ele supera seus traumas, mas ainda assim, é um personagem diferente do que era antes.

A presença da Capitã Marvel

Vingadores: Ultimato tem a Capitã Marvel e isso faz uma grande diferença para os heróis da Marvel. Com sua força, a heroína consegue destruir as naves de Thanos e enfrenta-lo sozinha em combate. Será que os heróis teriam triunfado se tivessem a Capitã Marvel em Vingadores: Guerra Infinita? É possível.

As habilidades dos personagens

Os personagens de Vingadores: Ultimato exibem algumas habilidades diferentes das exibidas em Vingadores: Guerra Infinita. Thanos usa uma espada de dois lados, o Gavião Arqueiro se transforma em Ronin e o Capitão América finalmente utiliza o Mjolnir.

Os Estalos

Tanto Vingadores: Guerra Infinita quanto Vingadores: Ultimato contam com um Estalo que ativa as Joias do Infinito, mas ambos são bem diferentes entre si.

O Estalo de Thanos em Vingadores: Guerra Infinita é utilizado para destruir metade da vida no universo. O de Tony Stark em Vingadores: Ultimato serve para destruir o titã e seus aliados de uma vez por todas.

Os finais

O fim de Vingadores: Guerra Infinita é devastador, trazendo a morte de diversos heróis importantes e o triunfo de Thanos.

O de Vingadores: Ultimato é cheio de esperança. Heróis amados caíram, mas a humanidade está restaurada e Thanos foi destruído para sempre.