Filmes baseados nos quadrinhos da Marvel são os maiores sucessos de arrecadação de hoje em dia. Isso muito se deve aos atores que os estrelam, que se divertem enquanto entregam performances que ficam marcadas com o público.

Mas não se engane com seus talentos. Muitos desses astros possuem passados para lá de problemáticos.

Aqui estão todos os atores da Marvel que já foram presos. Temos certeza de que alguns vão te deixar bastante surpreso.


Nick Nolte

Você pode não se lembrar, mas o elogiado ator Nick Nolte trabalhou em Hulk, de 2003. Ele interpretou Brian Banner, o vilanesco pai de Bruce Banner, que era vivido por Eric Bana.

Em 2002, ele foi preso por dirigir sob influência de GHB, também conhecido como ecstasy líquido. Anos mais tarde, o ator explicou: “Eu tomei GHB antes de ir para a academia para um longo treino. Uma dose fazia eu me sentir bem. Minha cabeça estava uma bagunça e eu estava dirigindo pela Pacific Coast Highway. Me disseram que seis motoristas ligaram para o 911 para denunciar um grande Sedan que estava do lado errado da estrada.”

Vinnie Jones

Ator britânico, Vinnie Jones atuou em X-Men: O Confronto Final. Ele interpretou uma versão do Fanático, icônico vilão dos quadrinhos, que os fãs honestamente querem esquecer.

Ele conta com um grande histórico de prisões. Foi preso em 1997 por ter agredido um vizinho, e depois novamente em 2003 por, embriagado, ter batido em um passageiro em um aeroporto e ameaçado matar toda uma tripulação por uma quantia em dinheiro.

Em 2008, ele foi preso novamente. Desta vez, por causa de uma briga em um bar.

Woody Harrelson

O aclamado ator Woody Harrelson interpretou Cletus Kasady em Venom, produção da Sony com base nos quadrinhos da Marvel. Ele retornará para a sequência, com o vilão se transformando no Carnificina.

Harrelson foi preso duas vezes – digamos que por motivos no mínimo inusitados. Quando tinha 21 anos, ele foi flagrado dançando no meio de uma rua movimentada e, ao tentar fugir da polícia, foi preso e acusado de perturbar a paz.

Parece que ele não aprendeu a lição e, em 2002, tentou fugir da polícia mais uma vez: quando estava em um táxi em Londres, supostamente drogado, ele ficou agitado e começou a quebrar as coisas, e depois saltou do veículo e chamou outro táxi. O motorista do veículo danificado chamou a polícia, que perseguiu o “veículo em fuga”, mas Harrelson pulou de novo e começou a correr, sendo finalmente parado minutos depois e preso.

Kelsey Grammer

Os fãs da Marvel devem concordar que os filmes dos X-Men nunca fizeram muita justiça ao Fera. Mas uma coisa deve ser admitida: Kelsey Grammer foi uma ótima escolha para interpretá-lo.

Por incrível que pareça, o ator foi preso três vezes por causa de seu vício em drogas e bebidas. Em 1987, ele foi preso por dirigir sem licença e “sob influência de bebidas alcoólicas e algum tipo de droga” e, em 1988, foi detido novamente por posse de cocaína.

O drama voltou em 1996, quando ele capotou com o carro que estava dirigindo e, mais uma vez, foi preso. Foi a gota d’água e ele se internou em uma reabilitação alguns dias depois.

Josh Brolin

Você provavelmente não sabe disso, mas Josh Brolin é quase tão controverso quanto o vilão que ele interpretou, Thanos. Ele foi preso várias vezes.

Em 2004, quatro meses depois do casamento, Brolin e Diane Lane (que também é atriz e interpretou Martha Kent, a mãe do Superman na Terra) se envolveram em uma grande discussão que terminou com Lane acusando o ator de tê-la agredido em um momento. A atriz não quis prestar queixa, mas Brolin foi preso mesmo assim, sendo liberado depois de pagar fiança de US$ 20 mil – mesmo assim os dois se reconciliaram e ficaram casados até 2013.

Em 2008, o ator foi preso novamente por intoxicação pública, mesmo motivo que o levou à prisão de novo em 2013. Destacando o primeiro caso, aqui está uma curiosidade interessante: antes de ser escolhido para ser o Thanos na Marvel, Josh Brolin foi cotado para interpretar o Batman no DCEU e muitos especulam que ele só não ficou com o papel porque teria que trabalhar com sua ex-esposa, com quem teve um passado polêmico.

Terrence Howard

Terrence Howard foi o primeiro intérprete de James Rhodes, o melhor amigo do Homem de Ferro, no MCU. Ele acabou sendo substituído por Don Cheadle em Homem de Ferro 2, lançado em 2010.

Acontece que Howard tem um longo histórico de bater em mulheres. Em 2000, enquanto viajava de avião, ele agarrou uma aeromoça pelo pulso e tentou empurrá-la depois que ela pediu para ele voltar ao seu lugar, sendo preso logo ao desembarcar.

Em 2001, ele foi preso por ter dado um soco em sua então esposa Lori McCommas. Já em 2005, acabou na cadeia novamente por ter esmurrado o peito de uma mulher e o rosto de um homem em um restaurante na Filadélfia.

Robert Downey Jr.

O MCU provavelmente nunca teria feito tanto sucesso se não fosse por Robert Downey Jr., o eterno Homem de Ferro. Mas muita gente sabe que o astro teve um passado para lá de problemático por causa de seu vício em drogas.

Em 1996, policiais o prenderam por excesso de velocidade na Pacific Coast Highway e encontraram cocaína, heroína e um revólver em seu carro. Duas semanas depois, Downey Jr. foi preso por invadir a casa de um vizinho e desmaiar em um dos quartos enquanto estava chapado.

Se recusando a buscar tratamento, o ator se envolveu em outros incidentes com drogas e foi condenado a 113 dias atrás das grades na Cadeia Central Masculina de Los Angeles, em 1997. Em 1999, suas violações de liberdade condicional o levaram a uma condenação de três anos em uma prisão estadual da Califórnia.

Ele foi libertado mais cedo do que o esperado em 2000, mas as prisões continuaram até 2001. O ator acabou ficando sóbrio em 2003 e hoje em dia ele fala abertamente sobre seu passado problemático.

Mickey Rourke

Mickey Rourke interpretou o vilão conhecido como Chicote Negro em Homem de Ferro 2. Não é um trabalho do qual ele se orgulha muito, mas mesmo assim o boxeador que virou astro de cinema é um nome muito conhecido.

Em 1994, ele foi preso duas vezes, primeiro por suposta violência doméstica e depois por uma briga em uma boate. Em 2007, ele voltou à cadeia, mas desta vez por dirigir sob influência de bebidas alcoólicas.

Wesley Snipes

Sonegação de impostos é uma especialidade de Wesley Snipes. O ator ficou famoso por ter interpretado o anti-herói Blade entre o fim dos anos 90 e o começo dos anos 2000.

Em 2008, o astro foi condenado a três anos de prisão por uma dívida de US$ 2,7 milhões em impostos ao governo. Ele começou a cumprir sua pena em 2010, e acabou sendo libertado em 2013.

A saga não terminou e, anos mais tarde, o governo norte-americano fez uma descoberta surpreendente: o ator na verdade devia incríveis US$ 23,5 milhões, porque nunca pagou impostos entre 1999 e 2006. Em 2018, para não ser preso novamente, Snipes e o governo começaram a negociar o ator concordou em pagar pelo menos US$ 9,5 milhões, mas não rolou como ele esperava: o Tribunal Tributário dos Estados Unidos decidiu contra sua reivindicação de “dificuldades econômicas”, concluindo que o valor que devia ser pago era mesmo de US$ 23,5 milhões.

Mollie Fitzgerald

Mollie Fitzgerald não é uma atriz famosa. Ela teve somente uma ponta em Capitão América: O Primeiro Vingador, atuando como uma das ajudantes de Howard Stark.

Em 2019, a atriz foi presa, acusada de ter assassinado sua mãe com quatro facadas nas costas. Ela alegou legítima defesa, dizendo que sua mãe queria matá-la com uma faca.

Ela confessou ter batido em sua mãe com um aspirador de pó, além de mordê-la e esfaqueá-la, porque “precisava”. As conclusões do relatório da autópsia contestaram suas alegações, no entanto, e sua condenação ainda está para ser divulgada.