Que raiva! ESTES momentos são os mais irritantes de The Walking Dead

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Muitos fãs reclamaram que as temporadas mais recentes de The Walking Dead não tinham a mesma qualidade das tramas de introdução da série. Na 10ª temporada, a produção parece ter encontrado novamente o ritmo e está reconquistando muitos espectadores.

O site What Culture listou os momentos de The Walking Dead que mais irritaram os fãs.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Confira abaixo!

A decisão de Rick 

Após o massacre na fazenda de Hershel e a morte de Shane e Dale, o grupo começa a questionar a liderança de Rick. Em um acesso de raiva, o líder ameaça os sobreviventes e afirma que eles devem seguir suas ordens a qualquer custo. Além disso, toda a trama da Fazenda foi alongada excessivamente.

Sexo 

Em um dos episódios mais recentes de The Walking Dead, a série também contou com uma inesperada cena de sexo entre a vilã Alpha e Negan, recém integrado aos Sussurradores. O momento deixou muitos fãs revoltados, que viram a cena como desnecessária e nojenta.

Beth

Além de ser um momento trágico, a morte de Beth foi altamente desnecessária. Rick já havia negociado a libertação da jovem do hospital. Porém, Beth age por instinto e usa uma tesoura para apunhalar sua sequestradora. Dawn, por sua vez, atira na cabeça de Beth e é em seguida morta por Daryl. Para piorar, a AMC postou um tributo à personagem em sua página do Facebook imediatamente após a exibição do episódio, estragando o final para muita gente.

Jesus 

Tom Payne tomou a decisão de deixar The Walking Dead. Em entrevista, Payne afirmou estar “cansado das limitações do papel nas temporadas mais recentes”. Os roteiristas da série entenderam a frustração do ator e escolheram Jesus como uma das primeiras vítimas dos Sussurradores. A morte irritou muitos fãs.

A falsa morte de Glenn 

A maioria dos fãs de The Walking Dead já havia concluído que Glenn tinha sobrevivido quando “Heads Up” foi ao ar. No episódio anterior, exibido antes de um hiato de semanas, Glenn apareceu coberto de sangue enquanto uma horda de zumbis devorava intestinos. Heads Up revela que na verdade os zumbis estavam devorando o cadáver de Nicholas, que havia caído em cima de Glenn. A sobrevivência do personagem foi vista como um sintoma da “covardia” de The Walking Dead, na qual os personagens principais deixaram de correr riscos iminentes.

Negan 

Após o fracasso do final da sexta temporada, a estreia do sétimo ano de The Walking Dead não contou com recepção positiva dos fãs. O tom do episódio e a violência excessiva foram vistos por muitos fãs como exagerados e desnecessários. Pior ainda, a descoberta dos alvos de Negan já havia sido prevista por muitos fãs meses antes. The Walking Dead apresentou uma baixa considerável em sua audiência após a exibição deste episódio.

Carl

How It’s Gonna Be deveria ser um episódio importantíssimo de The Walking Dead, porém acabou surpreendendo por sua baixa audiência. Exibido na oitava temporada, o episódio foca primeiramente na lenta morte de Carl. Mesmo com grande carga emocional e cenas tocantes de Carl se despedindo dos entes queridos, o momento não causou impacto que os produtores desejavam, e foi apenas “mais um” episódio em uma temporada bastante criticada.

The Walking Dead exibe sua décima temporada.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio