Muitos têm muito a dizer sobre o filme de Aves de Rapina, e tudo varia dependendo de quem está falando.

Os críticos, por exemplo, elogiaram o filme pela mudança de tom dos filmes estoicos habituais da DC, bem como pela ação incorporada ao filme. Outros, no entanto, discordam que este seja um verdadeiro filme de Aves de Rapina, devido à diferença entre essa equipe e a que foi apresentada nos quadrinhos.

Aqui estão algumas coisas em Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa que deixaram os fãs da DC decepcionados.


Não são as Aves de Rapina “certas”

Uma indicação importante da direção diferente que o filme toma é vista na formação escolhida para a equipe de Aves de Rapina. Renee Montoya e Cassandra são ambas vigilantes independentes que usam pseudônimos separados (os quais não estão incluídos no filme).

Os únicos membros reais da equipe de quadrinhos de Aves de Rapina são Caçadora e Canário Negro, e elas nem sequer são exploradas tanto no filme. Embora não haja nada de errado com a interpretação, pode ser um engano chamar essas personagens de Aves de Rapina.

Não é a mesma Cassandra Cain

As diferenças entre o retrato de Cassandra na tela e o material original dos quadrinhos são fortes. Embora, especificamente, tenha sido a diferença do que cada versão da personagem pode fazer – com a original sendo uma artista marcial experiente enquanto a outra é uma batedora de carteiras no filme – que recebeu mais atenção.

Muitos fãs de quadrinhos, como tal, viram isso como um desserviço a uma das lutadoras mais habilidosas do universo da DC. No entanto, ainda pode-se argumentar que esta versão de Cassandra é o começo do que estaria por vir em uma sequência.

Falta de interação entre Canário Negro e Caçadora

Canário Negro e Caçadora são uma das poucas duplas nos quadrinhos que raramente são vistas. No entanto, seu relacionamento tem sido frequentemente retratado como tendo profundidade e desenvolvimento nos momentos em que são apresentadas juntas.

Este elemento dos quadrinhos da DC não é muito aparente no filme, pois as duas mal têm chance de se comunicar devido à estrutura do enredo. O relacionamento entre elas não é tão priorizado quanto as reuniões que elas têm com Arlequina.

Os trajes das Aves de Rapina

Embora as roupas de rua usadas pelas atrizes sejam adequadas para a atmosfera realista do filme, elas são diferentes dos uniformes de quadrinhos usados pelas personagens originais. A única personagem que realmente se assemelha à sua contraparte em quadrinhos é Arlequina, que, como nos quadrinhos, mantém sua estética excêntrica.

Montoya seria um segundo exemplo disso, embora apenas no que diz respeito às suas roupas de detetive, porque ela não está usando o chapéu e o sobretudo que costuma usar como Questão. Os figurinos de Canário Negro, Caçadora e Cassandra são mais desassociados dos quadrinhos, pois reiteram claramente o realismo do filme.

Sem Oráculo

Além do retrato de Cassandra Cain, muitos fãs de quadrinhos logo notam a evidente ausência de Oráculo – também conhecida como Bárbara Gordon. Mesmo que Bárbara como Oráculo não seja mais o caso dos quadrinhos, ela começou com as Aves de Rapina como a hacker Oráculo – uma identidade que Batgirl assumiu após ser aleijada pelo Coringa.

Os esforços de Bárbara para estabelecer a equipe em primeiro lugar com a Canário Negro foi o que a levou a se tornar líder, e foi através dela que Caçadora mais tarde se juntou à equipe. Bárbara se envolveu com as Aves de Rapina a ponto de ser o que interliga todas as personagens, então não há uma equipe sem ela.