Publicidade

Estas curiosidades de Vikings vão te deixar de queixo caído

Publicado por Alexandre Guglielmelli

15/04/2020 07:00

Vikings está chegando ao fim, e fãs já estão se preparando para a última despedida e o desfecho da história épica dos filhos de Ragnar. Como uma das séries históricas mais influentes de todos os tempos, Vikings vai com certeza deixar saudades.

A primeira metade da temporada final de Vikings já foi exibida, e a série deve retornar no final do ano com seus episódios derradeiros.

Enquanto Vikings não retorna com novos episódios, o site Express.UK listou os piores erros e furos de roteiro da série e outras curiosidades interessantes.

Confira abaixo!

Trilha sonora 

A abertura de Vikings tem como tema a canção “If I Had a Heart” (Se Eu Tivesse um Coração), da banda Fever Ray.

A música pode parecer familiar para os fãs de Breaking Bad, já que pode ser ouvida tocando no carro de Jesse, personagem de Aaron Paul na quarta temporada da produção da AMC.

Atores iguais

Você sabia que Ivan Kaye, o Rei Aelle de Vikings, já interpretou Ivar em outro filme? O ator viveu o Sem Ossos em Martelo dos Deuses, lançado em 2013.

Ironicamente, Ivar é um dos responsáveis pela morte de Aelle, tanto no filme quanto em Vikings.

Pedido 

Em um dos episódios mais chocantes de Vikings, Ivar estrangula e mata sua esposa Freydis, vivida por Alicia Agnesson.

Poucos fãs sabem, mas durante as gravações dessa cena Agnesson pediu para ser enforcada de verdade, para dar mais verdade à reação de Freydis.

Garfos

Em uma das cenas da Corte de Paris, a Princesa Gisla aparece comendo com o auxílio de um garfo rudimentar.

Segundo o Express.UK, esse é um erro do roteiro de Vikings, já que esse tipo de utensílio só foi introduzido nessa parte da Europa mais de um século depois da trama de Vikings.

Islândia 

Na quinta temporada de Vikings, Floki “descobre” a Islândia. Porém, alguns fãs da série desconfiam que o personagem na verdade foi parar em outro lugar.

Na verdade, os Vikings da história real batizaram a Islândia de Iceland apenas para enganar viajantes e prevenir saques, já que ninguém gostaria de ingressar em uma terra tão gelada.

Vikings retorna ainda em 2020.

Publicidade