Há quem diga que mentir é uma arte, e alguns dos personagens de TV que reunimos nessa lista sem dúvida provem bons argumentos para isso.

Eles mentem para ganhar a vida, para salvar a vida, para acabar com a vida dos outros… Os motivos são tão diversos quanto os itens da lista.

Neste 1º de abril, Dia da Mentira, confira quem são os maiores mentirosos das séries de TV:


SYDNEY BRISTOW (Alias)

A personagem de Jennifer Garner não hesitava em mentir e trapacear para cumprir suas obrigações de espiã – mas além de seus inimigos, Sydney precisava mentir também para os amigos, que acreditavam que ela era uma banqueira internacional com responsabilidades demais para não se atrasar para o jantar.

PETYR BAELISH (Game of Thrones)

Muitos personagens de Game of Thrones contaram mentiras para sobreviver ou para vencer alguém no jogo de poder da série, mas nenhum deles foi mais habilidoso e mais prolífico nisso do que Petyr Baelish, o Mindinho. Apesar de ter sido enganado por Sansa e Arya na sétima temporada e (satisfatoriamente) morto, o ex-Mestre da Moeda se deu muito bem por muito tempo com suas mentiras.

CONDE OLAF (Desventuras em Série)

O grande vilão interpretado por Neil Patrick Harris em Desventuras em Série, na versão televisiva da Netflix, é um péssimo ator que usa uma diversidade de disfarces para perseguir os órfãos Baudelaire e tentar colocar as mãos em suas fortunas. Assumindo uma identidade por “desventura”, ele é um dos grandes mentirosos da TV atualmente.

EMILY THORNE (Revenge)

Para se vingar das pessoas que colocaram seu pai na cadeia sob premissas falsas, Amanda Clarke se tornou a fatal Emily Thorne, e abraçou todas as mentiras que vieram com sua nova identidade – tudo para que seu plano saísse perfeitamente durante as quatro temporadas da série.

DAN HUMPHREY (Gossip Girl)

Quando o final da série da CW revelou que Dan havia sido a venenosa blogueira Gossip Girl esse tempo todo, fãs imediatamente ficaram perplexos – não só porque a revelação fazia de Dan um dos maiores mentirosos da TV, como também porque ela não fazia sentido nenhum dentro da cronologia da trama!

SARAH MANNING (Orphan Black)

Enquanto cada uma das clones de Orphan Black tem seu próprio traço marcante, a protagonista Sarah Manning é conhecida como a “trapaceira” do grupo, inclusive se envolvendo nesse “rolo” todo ao assumir a identidade de uma de suas idênticas, a policial Elizabeth Childs.

DON DRAPER (Mad Men)

Quando dissemos “personagens que mentem para ganhar a vida” lá em cima na introdução, estávamos preparando terreno para a chegada de Don nessa lista. Ou será que devemos nos referir a ele como Dick Whitman? Don mudou seu nome, seu estilo, sua personalidade – tudo pelo bem do que vende mais.

BEN LINUS (Lost)

Quando conhecemos o Ben Linus do espetacular Michael Emerson em Lost, não temos exatamente certeza que tipo de cara ele é – mesmo porque ele nos diz que seu nome é Henry Gale. O ex-empregado da DHARMA que tomou o controle da ilha e a compreende melhor do que ninguém é um dos mentirosos mais habilidosos da ficção.

SAUL GOODMAN (Breaking Bad/Better Call Saul)

Não é a toa que todos os criminosos do Novo México (EUA) sabem que “é melhor chamar o Saul” quando os policiais chegam perto demais de descobrir suas operações. Ele não só dirá qualquer mentira para te livrar do xadrez, como ainda vai criar novas “oportunidades” de trabalho de quebra.

PHILIP & ELIZABETH JENNINGS (The Americans)

É difícil encontrar personagens que assumiram mais personalidades, visuais e vidas distintas do que esses dois espiões soviéticos vivendo nos EUA em plena Guerra Fria. Suas próprias identidades são uma mentira, e é difícil saber exatamente quais falsidades eles tem que manter para quais pessoas em suas vidas a essa altura.