Frozen 2 fez o maior sucesso ao continuar a história de um dos filmes contemporâneos mais icônicos da Disney. A sequência mudou o cenário, e trocou Arendelle pela Floresta Encantada.

No filme, Elsa descobre a verdade por trás de seus poderes, o que traz grandes consequências para a protagonista e seu reino.

Um dos aspectos mais interessantes de Frozen 2 é a busca pelas origens dos poderes de Elsa. Simplificando a história, os poderes de gelo da personagem são presentes dos espíritos.


Em tempos de quarentena, Frozen 2 já está disponível em plataformas digitais. Confira abaixo alguns fatos interessantes sobre a protagonista Elsa.

Vilã 

Elsa é uma das personagens mais queridas da nova geração da Disney, e muitos fãs não sabem que no roteiro original do filme a heroína era uma vilã. O filme seria baseado completamente no conto “A Rainha da Neve”, e Elsa seria a antagonista.

Idade

Diferentemente de muitas princesas da Disney, como Ariel ou Jasmine, Elsa não é uma adolescente. De acordo com a diretora Jennifer Lee, a protagonista começa o primeiro Frozen com a idade de 20 anos.

Let It Go

A criação da canção Let It Go foi instrumental para a produção do roteiro de Frozen. Foi o sucesso potencial da música que fez os roteiristas mudarem a história do filme e transformarem Elsa na heroína.

Relacionamentos 

Outro ponto em que Elsa se difere das outras princesas da Disney é na área romântica. Nos dois filmes, a personagem não ganha nenhuma trama amorosa e nem se interessa por ninguém. Por isso mesmo, uma boa parte dos fãs acredita que a protagonista de Frozen 2 faz parte da comunidade LGBTQ.

Mudanças climáticas

Você sabia que em Frozen 2 Elsa luta contra as mudanças climáticas? De acordo com os compositores das músicas do filme, grande parte das canções foi inspirada no aquecimento global e outros fenômenos de alcance mundial.

Feminista 

Devido ao fato de não precisar da ajuda de um príncipe para resolver seus problemas, Elsa é identificada por muitos especialista como feminista. A tendência continuou ainda mais na jornada de autodescobrimento do segundo capítulo de Frozen.

Movimento 

A animação de Frozen se inspirou na dubladora Idina Menzel para o visual de Elsa, principalmente em Frozen 2. Em um momento do filme, ao atingir uma nota alta em uma canção, a personagem contrai o abdômen assim como Idina na vida real.