Keanu Reeves ficou mundialmente famoso por seu papel como Neo em Matrix, mas estava em baixa há alguns anos.

Isto mudou com o lançamento de John Wick – De Volta Ao Jogo, e assim nasceu um novo personagem icônico para Reeves.

Acontece que John Wick mudou não apenas a carreira de Keanu Reeves, mas também todos os filmes de ação para sempre – e aqui o Observatório do Cinema explica as maneiras pelas quais isso aconteceu.


Nova energia

Há alguns anos, parecia que os filmes de ação estavam perdendo sua energia, o que impactava até mesmo na bilheteria.

John Wick ajudou a dar um novo fôlego para esse gênero, com uma ação mais focada em acrobacias práticas e impressionantes do que em explosões megalomaníacas.

Resgate, com Chris Hemsworth, é um bom exemplo de como um filme de ação moderno é depois do sucesso de John Wick.

Gun Fu

O termo do cinema conhecido como “Gun Fu” existe há alguns anos, e descreve uma mistura de Kung Fu com armas.

Filmes como A Balada do Pistoleiro e Matrix abalaram a indústria com cenas de ação com elementos do Gun Fu, mas foi necessário que John Wick chegasse para lembrar a todos de que isso ainda pode ser muito impressionante.

Coreografia fluente

Chad Stahelski e David Leitch foram dublês e coordenadores de dublês antes de estrearem na direção com John Wick – De Volta Ao Jogo.

Os dois, inclusive, já tinham trabalhado em Matrix, com Keanu Reeves.

Com um estilo de direção focado numa coreografia muito cuidadosamente preparada, Stahelski e Leitch provaram que sequências de ação podem ser feitas sem um grande orçamento e nem a utilização de muitos efeitos especiais.

Construção de mundo

John Wick não traz somente cenas de ação excelentes e um protagonista carismático como Keanu Reeves, mas também investe muito em construção de mundo.

A lógica do universo da franquia é muito bem elaborada, com assassinos por todos os cantos, e continua sendo cada vez mais expandida através das continuações.

Senso de humor

Ao contrário do que parece, os filmes de John Wick não levam seus absurdos tão a sério.

Existe um certo senso de humor na franquia, além da autoconsciência, o que foi destacado especialmente em John Wick 3: Parabellum.

Os filmes de ação não precisam ser tão sérios assim, desde que o humor seja tratado de uma forma inteligente.

John Wick 4 deve chegar aos cinemas em 27 de maio de 2022.