Vingadores Ultimato: Veja como Thanos poderia ter vencido

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Thanos foi, de longe, o maior vilão da história da Marvel no cinema.

Depois de uma vitória temporária em Vingadores: Guerra Infinita, o antagonista foi derrotado e morto (duas vezes) em Vingadores: Ultimato.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No entanto, isto não teria acontecido se o Titã Louco tivesse seguido este sete passos simples.

Thanos deveria ter tirado a Joia do Tempo do Doutor Estranho à força

Quando a Anciã percebeu em Vingadores: Ultimato que o Doutor Estranho resolveu entregar a Joia do Tempo a Thanos como parte de um plano maior, ela resolveu seguir o seu exemplo e entregou a Joia ao Professor Hulk – o que acabou sendo essencial para a vitória dos heróis.

Nada disso teria acontecido se Thanos tivesse simplesmente tirado a Joia do Tempo do Doutor Estranho usando a força bruta.

O estalo deveria ter sido seletivo, não aleatório

O estalo de Thanos para apagar metade da população do universo foi aleatório, mas deveria ter sido seletivo.

Se o Titã Louco tivesse escolhido com cuidado quais inimigos deveria eliminar, figuras essenciais não teriam restado para se unirem em um plano de revanche.

Thanos deveria ter matado o Homem de Ferro

O Homem de Ferro sempre foi um dos pilares dos Vingadores, e se tivesse morrido Vingadores: Ultimato simplesmente nem existiria.

O Titã Louco esteve muito perto de matar o inteligente super-herói, mas por algum motivo desistiu disso, o que acabou sendo um grande erro.

Thanos deveria ter considerado o conhecimento de seus adversários

Thanos parece ter cometido o mesmo erro de outros diversos vilões arrogantes: ele não considerou o potencial de seus adversários.

Se o Titã Louco tivesse estudado os Vingadores mais a fundo, saberia que caras como Homem de Ferro e Capitão América com certeza conseguiriam vencê-lo no final, a qualquer custo, então mirar seus ataques nesses dois teria sido uma decisão inteligente.

Thanos deveria ter apagado as memórias dos sobreviventes

Thanos poderia fazer qualquer coisa com a Manopla do Infinito no fim de Vingadores: Guerra Infinita, mas só apagou metade da população universal e foi embora.

Ele deveria ter feito o trabalho completo e apagado as memórias dos sobreviventes, e assim os heróis nem se lembrariam que tinham uma derrota a reverter.

Thanos e Nebula deveriam ser mais discretos

Quando Thanos e Nebula do passado chegam ao “presente” em Vingadores: Ultimato, eles realmente metem o pé na porta.

Thanos rapidamente abriu fogo e detonou a base dos Vingadores, quando na verdade teria sido muito mais efetivo pedir que Nebula se infiltrasse entre os heróis (como fez depois) para pegar a Manopla com todas as Joias do Infinito.

Thanos deveria ter matado a Nebula do presente

Em determinado momento de Vingadores: Ultimato, a atual Nebula acaba nas garras de Thanos, e ficamos nos perguntando: por que ele não a matou?

Ela não tinha mais nenhuma utilidade para o vilão, e na verdade acaba sendo essencial para os heróis quando escapa porque mata sua versão do passado, permitindo que a Manopla volte para as mãos dos Vingadores.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio