O primeiro filme de A Barraca do Beijo, lançado em 2018, fez sucesso com os assinantes da Netflix.

A recepção com a crítica foi um tanto negativa, mas o longa-metragem tinha o bastante para atrair uma boa base de fãs. Com A Barraca do Beijo 2, a própria base de fãs parece estar um pouco dividida.

Espectadores notaram uma série de coisas ridículas ou sem sentido em A Barraca do Beijo 2, e aqui estão alguns dos maiores exemplos.


Peruca terrível

Joey King gravou A Barraca do Beijo 2 pouco depois da produção da série The Act, para a qual ela raspou a cabeça. Portanto, teve que usar peruca nas cenas da comédia romântica da Netflix.

Mas isso não precisaria nem ser notificado: várias pessoas notaram como a peruca parecia terrível e totalmente artificial.

Adolescentes da escola já parecem adultos

Uma coisa que geralmente é ridicularizada em séries adolescentes é que os jovens de escola já parecem completos adultos. Isto acontece porque os atores muitas vezes são muito mais velhos do que os personagens que interpretam.

Isso é válido para A Barraca do Beijo 2, e chega a ser um pouco constrangedor ver adultos agindo como adolescentes em cena.

Prêmio de US$ 50 mil para uma competição de dança

Em A Barraca do Beijo 2, há uma competição de dança para jovens, com um prêmio de US$ 50 mil. Isso equivale ao prêmio do maior reality show do Reino Unido, o que simplesmente não faz sentido!

Além disso, o valor é exatamente o que Elle precisa para ir para a faculdade, o que parece muito conveniente.

Teste de admissão idiota

Os testes de admissão para universidade em filmes são sempre ridículos. Eles fazem com que pareçam jornadas emocionantes, quando na realidade só são muito cansativos.

Em A Barraca do Beijo 2 existe um desses testes, e talvez seja um dos mais idiotas da história do cinema.

E as economias?

Elle está economizando dinheiro para a faculdade em A Barraca do Beijo 2. No entanto, no mesmo filme, quando viaja de avião, ela está na classe executiva, o que não é exatamente bom para as economias.

São pequenos detalhes assim que fazem com que a história perca totalmente o sentido, na visão de qualquer espectador mais atento.

Rachel só chora

Vivida por Meganne Young, Rachel é uma personagem que também apareceu no primeiro filme de A Barraca do Beijo. Na sequência, tudo o que ela faz é parecer desapontada e chorar, o que é muito repetitivo.

Fãs reclamaram que a personagem precisa de mais personalidade, principalmente se voltar para A Barraca do Beijo 3, que já está em desenvolvimento avançado na Netflix.

Como Elle foi aceita na faculdade?

Já falamos sobre como o teste de admissão para universidade em A Barraca do Beijo 2 é ridículo. O mais surpreendente é que Elle acaba sendo aceita, mesmo com um discurso que com certeza não é digno de aceitação.

Imagine ser aprovado em Harvard escrevendo que “não tem ideia do que quer ser daqui a 5 anos” e depois listando um monte de qualidades pertencentes a pessoas que o oficial de admissão nem conhece!

A Barraca do Beijo 2 já está disponível na Netflix.