Baseada na série de livros de E.L. James, 50 Tons de Cinza se tornou uma bem sucedida franquia no cinema, com o primeiro filme lançado em 2015 e protagonizado por Jamie Dornan e Dakota Johnson.

50 Tons de Cinza conta a história de Anastasia Steele, uma jovem e inocente jornalista que é introduzida ao mundo do sadomasoquismo pelo bilionário sexy Christian Grey, vivido por Dornan.

A franquia chegou ao fim em 2018, com o lançamento de 50 Tons de Liberdade. O filme foi disponibilizado recentemente na Netflix, se destacando entre os mais assistidos da plataforma.


Confira abaixo alguns segredos dos bastidores da franquia 50 Tons de Cinza!

Crepúsculo ou 50 Tons?

Ainda na época da escalação dos papéis de Christian Grey e e Anastasia, a autora E.L. James tinha outro ator em mente para interpretar o protagonista. A primeira escolha da escritora foi Robert Pattinson, o astro da saga Crepúsculo. Matt Bomer, de American Horror Story, também foi considerado para o papel.

Bebendo no set

Em uma entrevista, Dakota Johnson explicou que a falta de química com Jamie Dornan era muitas vezes superada com a ajuda do álcool. “A maioria das nossas preparações acontecia exatamente antes das gravações das cenas. Quando tínhamos algo muito pesado para gravar, sempre tomávamos um shot de bebidas fortes antes”, contou a atriz.

Detalhes importantes

Em uma entrevista à revista Marie Clarie, Dakota Johnson explicou a atuação da “consultora de intimidade”, uma especialista em sexualidade contratada pela produção do filme. “Era para explicar como usar certas ferramentas e brinquedos, que precisam de um método específico. Nestas cenas, os detalhes são muito importantes”, comentou Johnson.

Negociação

Com o sucesso financeiro de 50 Tons de Cinza, Jamie Dornan e Dakota Johnson contaram com um bom aumento de salário entre o segundo e terceiro filme. Antes disso, os dois receberam 250 mil dólares pela participação nos três filmes.

Risadinhas

Em entrevista, o diretor James Foley revelou que as gravações das cenas de sexo eram sempre constrangedoras, pois tanto Jamie Dornan quanto Dakota Johnson tinham o costume de rir durante as partes mais eróticas. “Quando gravávamos estas cenas, que sempre eram tensas, os dois começavam a rir rapidamente”, contou Foley.
50 Tons de Liberdade está disponível na Netflix.