Lucifer é uma das séries mais populares da Netflix. Após ser cancelada pela Fox, a produção ganhou uma nova chance na plataforma e lançou uma ótima quarta temporada com grandes desenvolvimentos na trama.

Recentemente, a Netflix deixou fãs ansiosos para a estreia da primeira parte da quinta temporada de Lucifer, que chegou em 21 de agosto. A plataforma aumentou ainda mais a expectativa com a renovação da série para mais uma leva de episódios.

Originalmente, a série terminaria na quinta temporada, mas a Netflix firmou um novo contrato com Tom Ellis e garantiu mais um ano.


Enquanto os episódios da segunda parte da quinta temporada não chegam na Netflix, confira abaixo as piores atitudes que os personagens principais já tomaram na série!

Ella Lopez

Ella é basicamente uma santa comparada aos outros personagens de Lucifer. A cientista forense é otimista, gentil e sempre procura enxergar o melhor nas outras pessoas. A pior atitude da personagem, embora não seja exatamente sua falta, foi confiar em Pete na quinta temporada. Fãs que já maratonaram os episódios sabem que a situação entre os dois personagens não terminou nada bem.

Charlotte Richards

Charlotte foi introduzida na segunda temporada de Lucifer, assumindo o importante papel da Deusa da Criação. A personagem manipulou muita gente antes de ter a essência da mãe de Lucifer retirada de seu corpo. A pior coisa que Charlotte fez foi deixar Linda para morrer após perder o controle de seus poderes e causar uma lesão chocante na psiquiatra.

Linda Martin

Durante as temporadas de Lucifer, Linda cria uma tocante amizade com Maze, que passa a enxergar a terapeuta como uma confidente e grande amiga. Infelizmente, Linda pisa na bola ao esconder de Maze sua relação com Amenadiel, que acabou gerando uma gravidez inesperada e causando ainda mais estresse na relação das duas.

Amenadiel

Amenadiel começa a trama de Lucifer como um personagem bastante neutro, servindo apenas como realizador das ordens celestiais. Com o tempo, o anjo passa a entender melhor os humanos e se habituar à vida na Terra. A pior coisa que Amenadiel fez foi esconder de Lucifer seu papel na criação de Chloe, algo que tirava o sono do protagonista.

Dan Espinoza

Desde a primeira temporada, Dan é um dos maiores “iniamigos” de Lucifer, atuando as vezes como companheiro e em cartas ocasiões como rival do protagonista. Na quinta temporada, após ver pela primeira vez a face demoníaca de Lucifer, Dan perde a cabeça e acaba atirando em Lucifer, em uma cena bastante chocante.

Maze

Maze já tomou várias atitudes questionáveis durante a trama de Lucifer. A personagem traiu o Rei do Inferno pelo menos duas vezes. Maze ajudou Caim em seu plano com a intenção de retornar ao Inferno, e na temporada mais recente, se aliou à Michael após se revoltar com um segredo escondido por Lucifer.

Chloe Decker

Embora Chloe sempre tente fazer o que é certo, a personagem tomou uma atitude bastante questionável na quarta temporada. A policial ajuda o Padre Kinley em seu plano de enviar Lucifer de volta ao Inferno. Chloe muda de ideia na última hora, mas o fato dela ter dado ouvidos ao padre radical fez muitos fãs questionarem suas motivações.

Lucifer Morningstar

Na quinta temporada, Lucifer conta com um episódio contado apenas em flashbacks, ambientado na primeira visita do protagonista a Los Angeles. No episódio, é revelado que a mãe de Maze, Lilith, deixou o Inferno e seus poderes sobrenaturais para trás para viver como humana. Lucifer escondeu esse segredo de Maze por décadas, o que foi considerado uma grande traição pela personagem.

A quinta temporada de Lucifer já está disponível na Netflix.