Nos últimos meses, a Sonserina assumiu o controle do TikTok com muitos vídeos relacionados a Draco Malfoy e agora esse fenômeno até tem sua própria hashtag – “Dracotok”. Até mesmo Tom Felton, o ator que interpretou Draco, fez um vídeo de reação que, até agora, reuniu quase 19 milhões de visualizações.

No mundo de Harry Potter, Draco representa um antagonista clássico. No entanto, ele é muito mais complicado do que isso.

Ele traz muitos problemas para o trio querido de todos, mas também tem muitos momentos que provam que ele é um cara bom. Sua educação precoce e as circunstâncias difíceis apenas o prejudicaram.


Veja alguns momentos que provam que Draco Malfoy (quase) sempre foi um herói em Harry Potter.

Ele fingiu não reconhecer Harry

Em Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 1, há um momento em que Harry é capturado na Mansão Malfoy com um feitiço que distorceu seu rosto. Bellatrix pressionou Draco para decidir se o garoto capturado é Harry.

Seus olhos mostram que ele reconhece Harry, mas ele decide não confirmar se eles realmente capturaram Potter. Em vez disso, ele opta por salvar o herói. Pode ser um sinal de que Draco nunca desejou que Harry Potter sofresse de verdade.

O destino de Draco

O núcleo da varinha de Draco consiste em cabelo de unicórnio, e o fabricante de varinhas mais celebrado da série, Olivaras, disse: “Os núcleos de unicórnios são geralmente os mais difíceis de usar nas Artes das Trevas. Eles são os mais fiéis de todas as varinhas.”

Sabendo que a varinha de cada mago escolhe seu dono por uma razão, há um bom argumento de que J.K. Rowling nunca pretendeu que Draco Malfoy fosse mau. O núcleo de sua varinha mágica, assim como seu espírito, é difícil de desviar para o lado negro.

Ele não mataria Dumbledore

As tentativas de Draco de matar Dumbledore foram tão fracas que o próprio Dumbledore se perguntou se a pessoa por trás deles estava realmente tentando matá-lo. Quando Draco confrontou Dumbledore para cumprir a vontade de Voldemort e assassinar o diretor, ele demorou muito.

Ele até abaixou sua varinha, chorando e lutando para lançar um feitiço. No final, Severo Snape comete o crime, ao invés dele. Draco não matou Dumbledore, mesmo com a vida de seus pais em jogo. A vida de Draco no lado negro é miserável e não está de acordo com seu caráter real.

Protege sua família

Ao longo de toda a série, Draco está sob constante pressão para viver de acordo com seu sobrenome e sua herança. Ironicamente, Voldemort manipula a família Malfoy por causa dos erros do passado de Lucious Malfoy como um Comensal da Morte. Draco tenta salvar a vida de seus pais concordando em matar Dumbledore.

Intensificar-se para fazer a coisa errada também era uma espécie de heroísmo. Ele estava colocando sua vida em risco no lugar da vida de seus pais, mesmo sabendo que nunca seria capaz de matar Dumbledore.

Ele ajuda Harry a salvar seu filho

Apesar de seu passado complicado, Draco ajuda Harry Potter a salvar seu relacionamento com seu filho, Alvo. Ele aconselha Harry a perdoar e aceitar Alvo, caso contrário, os dois sofrerão por causa da conexão perdida. Isso ilustra ainda mais o lado humano e sensível de Draco.

Isso mostra que Draco reflete sobre seu relacionamento com seu pai e tenta não repetir seus erros, ajudando no relacionamento de Harry com Alvo ao longo do caminho.

Todos os filmes de Harry Potter estarão disponíveis no HBO Go a partir do dia 7 de novembro.