A partir do momento em que Matrix foi lançado nos cinemas em 1999, tornou-se um clássico cult instantâneo e teve uma influência considerável na cultura pop contemporânea.

Apesar de seu orçamento apertado para fazer Matrix, as Wachowski fizeram história no cinema. Nos quatro anos seguintes, as Wachowski lançaram Matrix Reloaded e Matrix Revolutions, completando a trilogia.

A saga também abrange várias plataformas de mídia, incluindo quadrinhos e jogos. Houve até um filme de animação chamado Animatrix. É uma das maiores sagas interconectadas já produzidas. Apenas os fãs mais leais da série poderiam descobrir esses segredos escondidos em várias plataformas.


No entanto, um projeto tão grande como Matrix vem com sua cota de desafios. Os atores foram forçados a aperfeiçoar não apenas sua filosofia, mas também tiveram um treinamento extensivo para desempenhar adequadamente seus papéis. Essas condições impuseram dificuldades à produção geral.

Aqui estão segredos obscuros dos bastidores de Matrix.

Polêmico processo

Por quase duas décadas, a franquia Matrix continua sendo um foco importante no tópico do debate religioso e filosófico. No entanto, foi confrontada com seu conjunto de questões jurídicas.

Em 2013, foi foco de uma ação judicial movida pelo dramaturgo Thomas Althouse. Ele afirma que a Warner Bros. e as Wachowski roubaram o roteiro de seu filme, Os Imortais, que ele apresentou em 1993.

O juiz que presidiu o caso, R. Gary Klausner, concluiu que ambos os filmes apresentavam um protagonista lutando contra uma força opressora. Sejam as máquinas de Matrix ou os nazistas de Os Imortais, ambos os grupos buscavam explorar um povo escravizado.

No final, sua decisão favoreceu a Warner Bros. e as Wachowski – a razão é que as supostas semelhanças não eram substanciais o suficiente.

Real clube erótico

Em um ponto em Matrix, Neo, interpretado por Keanu Reeves, vai a um clube erótico para encontrar Trinity, interpretada por Carrie-Ann Moss. Neo espera que ela possa lhe contar mais sobre o que é a Matrix. A cena se passa no que parece ser um clube erótico, o que adiciona uma atmosfera única.

No entanto, essa cena é mais autêntica do que as pessoas imaginam. A verdade é que a cena foi filmada no Hellfire Club, em Sydney. As diretoras de Matrix pediram aos membros regulares do clube que comparecessem vestidos com seus trajes habituais.

Isso resulta em uma vibração de clube verdadeiramente autêntica ao assistir o filme. Os figurantes não precisam dar uma atuação artificial, pois podem apenas agir como eles próprios. Este é apenas um exemplo de como o filme demonstra um excelente exemplo de como o mundo real se sobrepõe a um mundo artificial.

Forçou um estado a mudar suas leis

Depois de resgatar Morpheus do Agente Smith, Neo chega, com armas em punho, em um helicóptero para abater os agentes. Por mais incrível que pareça, trazer um helicóptero acabou causando alguns problemas para o filme. A presença do helicóptero levou à violação de algumas leis de tráfego aéreo.

O assunto era muito sério e quase resultou no cancelamento da produção do filme. Felizmente, o pior não aconteceu. Um acordo foi alcançado e a produção do filme retomada depois que o estado de Nova Gales do Sul alterou algumas leis para que o helicóptero fosse permitido.

Quando a produção começou, ninguém esperava que o filme obrigasse um estado a mudar suas leis. A cena do resgate do helicóptero é agora uma das mais memoráveis ​​do filme.

Keanu Reeves precisou de uma cirurgia na medula espinhal

Keanu Reeves mostra extrema dedicação às suas performances. Ele prefere fazer suas acrobacias parecerem o mais reais possível e evita o uso de dublês. Reeves alcançou resultados surpreendentes, mas muitas vezes à custa de seu bem-estar físico.

Assim, não é surpresa que Reeves continuasse a rodar um filme tão intenso como Matrix, mesmo depois de passar por uma cirurgia. Durante a produção, Reeves precisou de uma cirurgia na medula espinhal depois que desenvolveu alguns problemas para manter o equilíbrio.

Ele foi capaz de continuar seu papel como Neo e não teve problemas com cenas que não exigiam movimentos extenuantes. Perto do final das filmagens, ele pôde participar de cenas de luta.

No entanto, sua cirurgia ainda o deixou com algumas restrições. Isso incluiu evitar qualquer estresse indesejado em sua coluna. Esta é uma grande razão pela qual não vemos Keanu Reeves executar muitos chutes durante suas sequências de luta.

Personagem de gênero fluido

No roteiro original, a personagem Switch deveria ser de gênero fluido. Switch seria masculino no mundo real, mas na Matrix seu gênero se tornaria feminino. Infelizmente, esse aspecto da personagem foi removido do roteiro final.

Curiosamente, Switch também seria uma saída para a expressão das Wachowski em suas lutas com a identidade de gênero. Essa luta pessoal delas ainda não tinha sido tornada pública na época. Switch representaria essa transição da identidade de gênero do homem para a mulher e vice-versa.

No final, decidiu-se que o gênero de Switch permaneceria feminino. É uma pena que essa ideia promissora refletindo a natureza da Matrix e do mundo real não tenha sido incorporada ao filme.

No Brasil, a trilogia Matrix, com Keanu Reeves, está agora disponível na Netflix.