10 grandes erros em Outlander que os fãs ignoram

A série da Netlix não é perfeita

Publicado em 5/19/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

ALERTA DE SPOILERS

Outlander é uma das séries mais assistidas no momento, e tem colecionado uma legião de fãs. O romance de época conquistou o público e apesar de sua qualidade, a série tem diversos erros.

A produção conta a história de uma enfermeira que vivia no século 20 e que é misteriosamente transportada para o século 18, e acaba se apaixonando por um guerreiro escocês.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mesmo que você seja fã do sucesso que é Outlander, é preciso admitir que nada é perfeito, portanto nós separamos grandes erros da série da Netflix que o público acaba ignorando.

Confira a lista:

Druidas

Os Druidas em Outlander são seres místicos, semelhantes às bruxas. Eles apareceram no primeiro episódio da série, e após isso eles foram mencionados apenas mais uma vez na série.

Havia sido inclusive sugerido que eles estavam por trás das viagens no tempo, porém eles se transforam apenas em uma ponta solta no roteiro, esperamos que eles retornem em algum momento e que haja mais explicações.

Jamie pune Claire

Jamie sempre foi um homem de mente aberta e aceitou diversos aspectos da personalidade de Claire por ela ter vindo do futuro e ter costumes diferentes em relação à sociedade em que ele vive.

Porém quando Claire foi capturada pelos ingleses e colocou a vida de todos em perigo, ao invés de Jamie tentar compreende-la e conversar com ela, ele a pune fisicamente, em um cena controversa e chocante, até porque isso não parecia ser algo da natureza do personagem.

Personagens inconsistentes

No final da segunda temporada de Outlander, Claire planeja o assassinato de Charles Stuart, para que a batalha de Culloden não aconteça. Essa atitude é muito estranha vinda de Claire, pois por mais que ela estivesse desesperada para salvar os Highlanders, ela era uma enfermeira e posteriormente jurou nunca machucar um ser humano.

Pontos bizarros na trama

Assim como chegaram a tramar o morte de Charles Stuart, Jamie e Claire foram cúmplices do assassinato de Dougal McKenzie, que apesar de ter valores morais duvidosos, sempre acreditou na causa dos Highlanders. Então foi um pouco bizarro que os dois que aparentemente seriam incapazes de matar alguém tenham cometido o ato.

O abandono de Laoghaire

Jamie se casou com Laoghaire MacKenzie, anos depois que Claire o deixou. Quando a enfermeira retorna 20 anos após, ela fica chocada e decepcionada com a situação.

Aparentemente o casamento de Jamie e Laoghaire só serviu para estragar os planos de Claire, pois Jamie nem ao menos vivia com a esposa, e logo a abandonou e seu casamento se tornou nulo.

As atitudes de Claire

Claire é uma personagem amada pelas mulheres justamente por ser empoderada, e não aceitar os costumes sociais retrógrados impostos às mulheres no século 18, pois ela vem do século 20.

Porém algumas de suas atitudes perdem a lógica do protesto e se tornam totalmente sem sentido. Por exemplo, na terceira temporada ela pula no oceano e coloca sua vida em risco sem razão aparente.

Erros de continuidade

Em Outlander existem diversos erros de continuidade que os fãs não perceberam, no primeiro episódio da série quando Claire cuidava de soldados feridos, o seu avental mudava de cor a cada tomada.

Já no casamento de Jamie e Claire na quarta temporada, Dougal corta o pulso dos dois como parte da tradição na cerimônia, porém durante a noite de núpcias, seus pulsos já estavam bem.

Explicações bizarras

Outlander também tem algumas explicações bizarras e furos de roteiro. Por exemplo a amada personagem Geillis Duncan, que foi muito maltratada e jogada na fogueira para morrer.

inacreditavelmente ela retorna na terceira temporada e conta para Clair que Dougal encontrou outro cadáver, e ela conseguiu escapar depois de tudo. Os roteiristas poderiam pelo menos criar uma explicação melhor.

Imprecisão histórica

Em uma série que se baseia em viagens no tempo e que tem vários acontecimentos históricos, se espera que ela tenha precisão histórica, mas não é o que acontece em Outlander.

Na produção temos bruxas sendo queimadas em 1740, sendo que essa punição à mulheres inocentes acabou em 1927. E na terceira temporada Jamie e Claire decidem construir uma vida na América, mas naquele determinado momento a revolução americana nem havia acontecido, portanto a América ainda não existia como a conhecemos.

As viagens no tempo

As viagens no tempo são um ponto central na trama de Outlander, mas existem muitas imprecisões nas regras das viagens, além disso, coisas acontecem o tempo todo que podem ser extremamente difíceis de explicar em termos de física.

Evidentemente o que mais importa na série da Netflix é o romance e sua linda e emocionante história, mas os roteiristas poderiam buscar ao menos um padrão nesse ponto que é tão importante para a série.

As 5 temporadas de Outlander estão disponíveis na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio