Cancelados: filmes da DC que os fãs nunca vão ver

Liga da Justiça, Batman e outras produções que não aconteceram

Publicadohá pouco tempo
Por Marcel
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A DC tem tido altos e baixos no cinema durante toda a sua história. A empresa acumulou grandes sucessos e infelizmente fracassos também, e o mais incrível, filmes que chegaram a ser anunciados e até entraram em pré-produção, não chegaram aos cinemas.

Este fenômeno não aconteceu apenas durante o universo cinematográfico da DC. Mesmo antes disso diversos filmes chegaram a ser cogitados e até tiveram suas produções iniciadas, porém não chegaram ao final.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Talvez alguns realmente não devessem ter acontecido, já outros tinham muito potencial. Nós reunimos todos o filmes da DC que foram cancelados e que o público nunca poderá ver.

Novos Deuses

Os Novos Deuses não são personagens tão conhecidos das histórias em quadrinhos da DC, e mesmo com o universo cinematográfico da empresa não estando tão estabelecido como o da Marvel, o filme foi anunciado em 2018.

A adaptação seria dirigida dirigida pela diretora Ava DuVernay, mais conhecida pelo filme Selma. No final de 2020 Ava afirmou que a pandemia aumentou ainda mais sua vontade de fazer o filme, mas em abril de 2021 a Warner cancelou o projeto.

Batman de Ben Affleck

Apenas um ano após Ben Affleck ter assinado o contrato para interpretar o Batman, foi noticiado que ele iria escrever, dirigir e atuar em um filme solo do herói. Porém já em 2017 veio a notícia de que ele deixaria o cargo de diretor.

Pouco tempo depois ele desistiu totalmente do projeto, que teria o Exterminador, interpretado por Joe Manganiello, como principal vilão do filme. Apesar de não estrelar a produção solo do Batman, Ben Affleck deverá fazer uma aparição no filme do Flash em 2022.

Filme solo do Cyborg

O filme solo do Cyborg foi anunciado ainda em 2014, quando a DC estava planejando diversas produções que iriam compor o seu universo cinematográfico compartilhado.

A princípio o filme iria estrear em 2020, e Ray Fisher estava muito ansioso com o projeto. Porém ao longo dos anos, o ator começou a demonstrar dúvidas se o filme realmente aconteceria.

No começo de 2021, o filme foi completamente descartado, quando Ray se afastou do papel em meio às polêmicas pela forma que ele foi tratado por Joss Whedon em Liga da Justiça.

Exterminador

Um pouco depois da revelação que o vilão Exterminador estaria no filme solo do Batman com Ben Affleck, foi revelado que Joe Manganiello iria estrelar um filme solo do Exterminador.

Havia sido anunciado que o diretor Gareth Evans, mais conhecido pelo filme Operação Invasão, iria dirigir a produção. Porém logo o projeto foi abandonado pela Warner que não queria desembolsar um bom orçamento para o filme.

Liga da Justiça: Mortal

Em 2007 a Warner contratou o diretor vencedor do Oscar, George Miller, para dirigir um filme da Liga da Justiça. O elenco do filme teria grandes nomes como Adam Brody e Jay Baruchel, mas a produção não saiu do papel.

A obra seria filmada na Austrália, país natal de Miller, mas após Batman: O Cavaleiro das Trevas ter um grande sucesso, a Warner preferiu uma abordagem mais séria em seus filmes e descartou o projeto.

Mulher-Maravilha de Angelina Jolie

O filme da Mulher-Maravilha poderia ter sido feito há muito tempo atrás. Já no ano de 2006. A Warner havia contratado Joss Whedon para dirigir o filme, pois seu nome estava em alta depois da série Buffy, a Caça-Vampiros.

Whedon queria que o filme fosse protagonizado por Angelina Jolie. Porém o diretor deixou o projeto no início de 2007, e então a Warner decidiu seguir uma direção diferente nos filmes de super-heróis.

Arlequina vs Coringa

Apesar de Esquadrão Suicida ter fracassado entre os críticos, ele foi um sucesso de bilheteria, e então a Warner querendo pegar carona no sucesso do filme, decidiu fazer uma produção da Arlequina e do Coringa.

A obra seria dirigida pelos diretores Glenn Ficarra e John Requa, que ficaram mais conhecidos pela produção Amor a Toda Prova. O filme abordaria o relacionamento tóxico dos personagens, mas o projeto logo foi arquivado.

Monstro do Pântano

No ano 2000 o diretor de filmes de terror Vincenzo Natali, havia feito muito sucesso com o filme Cubo, e por isso a Warner o chamou para adaptar o personagem Monstro do Pântano para os cinemas.

Pouco se soube do filme após isso, e quando a produção de Natali, Splice – A Nova Espécie, que foi distribuída pela Warner, fracassou nas bilheterias, o projeto foi encerrado. Tempos depois o diretor compartilhou em seu Twitter parte do roteiro do filme.

The Trench

Aquaman foi um sucesso enorme, que extrapolou todas as expectativas da Warner. Então além de Aquaman 2, eles queriam uma forma de explorar mais aquele universo, e aí anunciaram o filme The Trench.

A produção seria um filme de terror, que seria protagonizado pelas criaturas monstruosas que apareceram no filme do Aquaman. Porém mais uma vez a Warner desanimou e resolveu se focar na continuação da franquia.

Mulher-Gato de Michelle Pfeiffer

Michelle Pfeiffer fez um grande sucesso interpretando a Mulher-Gato no filme Batman: O Retorno de 1992, e então a Warner queria que a atriz protagonizasse o filme solo da personagem.

Porém após o filme Batman e Robin, não ter conseguido o sucesso esperado nas bilheterias, a Warner ficou mais cautelosa e acabou desistindo de uma vez por todas da produção.

Batman Unchained

Apesar de Batman e Robin ser considerado o pior filme do Cavaleiro das Trevas até hoje, a Warner tinha muita esperança no filme, tanto que antes mesmo de sua estreia, já tinha contratado o diretor Joel Schumacher para uma sequência.

O novo filme se chamaria Batman Unchained, mas Batman e Robin teve um orçamento extremamente alto e acabou fracassando nas bilheterias e com isso, a sequência foi cancelada.

Superman Lives

A saga de histórias em quadrinhos Superman Lives, foi uma das que teve maior sucesso em todos os tempos e a Warner pretendia a adaptar para os cinemas. Kevin Smith foi contratado como roteirista e Tim Burton como diretor.

O projeto realmente chegou a sair do papel, e Nicolas Cage, não foi apenas chamado para interpretar o Homem de Aço como fez testes de câmera. Porém a Warner estava preocupada com os gastos excessivos e resolveu encerrar o projeto. O curioso é que a enorme aranha robô que apareceria na produção, foi usada no filme As Loucas Aventuras de James West.

Liga da Justiça 2

Em 2014 a Warner havia anunciado que Liga da Justiça 2 chegaria aos cinemas já em 2019, e que Zack Snyder iria escrever o roteiro e também dirigir a produção, mas é claro que isso nunca aconteceu.

Porém após o sucesso de público e crítica de Liga da Justiça Snyder Cut, os fãs ficaram esperançosos para que os antigos planos fossem restaurados, mas a Warner já sinalizou que isso não vai acontecer.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio