Ingrato? Veja todos os filmes que Stallone se arrependeu de fazer

O ator atuou em produções que não foram bem

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mesmo que você não seja fãs de filmes de ação, é preciso admitir que Sylvester Stallone é um dos maiores astros da história do cinema. O ator protagonizou muitos sucessos de bilheteria, além da primeira produção de Rocky Balboa ter vencido o Oscar de melhor filme.

Porém também é preciso admitir que ele nem sempre acerta. Stallone também já estrelou diversos filmes que são no mínimo de gosto duvidoso, e que não agradaram os fãs e os críticos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Para você que é fã do astro de Hollywood, nós separamos algumas obras que o próprio Sylvester Stallone confessou ter se arrependido de ter feito, vamos ver se vocês concordam com ele.

Pare! Senão Mamãe Atira

Pare! Senão Mamãe Atira é um filme de ação e comédia, que foi lançado em 1992, e conta a história de um policial e de sua mãe que acaba se intrometendo em suas missões.

O filme foi totalmente massacrado pela crítica especializada e o próprio Stallone criticou duramente a obra: “talvez um dos piores filmes de todo o sistema solar, incluindo produções alienígenas que nunca vimos”.

Oscar – Minha Filha quer Casar

Oscar – Minha Filha quer Casar é um filme de comédia de 1991, que conta a história de um chefe da máfia, que tenta realizar o desejo de seu pai no leito de morte, deixando o crime para trás.

A tentativa de Sylvester Stallone de se arriscar na comédia fracassou, desagradando a ele mesmo e também à crítica especializada. Um crítico do Chicago Tribune escreveu: “Para um filme destinado a definir uma imagem mais leve e mais fresca para Stallone, Oscar não consegue realizar o trabalho”.

O Implacável

O Implacável, que foi lançado em 2000, é um remake de um filme de ação de 1971 que havia sido estrelado por Michael Caine. Neste caso dá para entender muito bem o motivo pelo qual Stallone se arrependeu do filme.

A produção foi um fracasso enorme de bilheteria, ela teve um alto orçamento de US $64 milhões, e arrecadou apenas US $20 milhões, dando um prejuízo enorme para o estúdio.

Driven

Driven é um filme de ação e esporte lançado em 2001, que conta a história de um jovem piloto da Fórmula Indy que tenta crescer na carreira, superando obstáculos para se tornar o melhor.

Stallone escreveu, produziu e atuou no filme, mas todo o esforço foi em vão, pois a obra fracassou nas bilheterias mundiais, dando prejuízo mais uma vez, e causando o arrependimento do astro.

D-Tox

D-Tox é um filme de suspense e terror de 2002, que conta a história de um grupo de agentes do FBI, que fica preso em uma clínica de reabilitação com um serial Killer entre eles.

Além de ter fracassado nas bilheterias, o filme mudou de nome após o lançamento, pois Stallone disse que o nome D-Tox gerava piadas: “Seria engraçado se fôssemos recebidos no aeroporto pelos caminhoneiros”.

“Eles teriam uma placa na frente deles dizendo DETOX, e todos esses atores como Kris Kristofferson, Tom Berenger e eu parecíamos que íamos para uma reabilitação em vez de uma filmagem”.

Rhinestone – Um Brilho na Noite

Em mais uma tentativa de fugir do esteriótipo de ator apenas de filmes de ação, Stallone, atuou nessa comédia musical com a cantora Dolly Parton, interpretando um motorista de táxi.

A produção não teve o sucesso esperado e o ator afirmou ter tido divergências criativas com o diretor Bob Clark, e não gostou do caminho que a história do filme tomou: “Eu teria feito muitas coisas de forma diferente … a comédia boba não funcionou para mim”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio