As maiores mancadas de Tom Cruise em Missão Impossível que fãs ignoram

Confira uma lista com os maiores buracos na trama da franquia

Publicado em 13/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A franquia Missão: Impossível, com Tom Cruise, é uma das mais longas da história do cinema. Mas, felizmente, vem resistindo ao tempo, e milagrosamente parece que fica melhor a cada novo lançamento.

Mas você precisa admitir uma coisa sobre sobre a franquia. Entre todas as cenas de perseguição intensas e acrobacias malucas de Tom Cruise, a história pode ficar muito, muito confusa em algumas partes.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com isto, inevitavelmente surgem alguns buracos na trama, que os fãs escolhem ignorar porque estão muito investidos nas loucuras de Tom Cruise. Continue lendo para conferir os maios buracos na trama de Missão: Impossível (via Screen Rant).

A segunda equipe

Em Missão: Impossível, Ethan Hunt e sua equipe estão em uma missão em Praga que dá errado, deixando o personagem de Tom Cruise como o único membro vivo.

Ele então se encontra com seu chefe, Kittridge, mas percebe que há uma segunda equipe da IMF quando reconhece as pessoas no restaurante da missão fracassada.

Acontece que toda a operação era uma cobertura para encontrar uma toupeira na IMF. Mas se tudo foi planejado com antecedência, por que Kittridge se arriscou usando a mesma equipe duas vezes?

Ele sabe que Hunt é um espião habilidoso. Ele também deveria saber que Hunt notaria as mesmas pessoas da missão que estavam no restaurante com ele.

Davian descobre o nome de Ethan

O vilão Owen Davian, interpretado por Philip Seymour Hoffman em Missão: Impossível 3, é considerado por muitos o melhor de toda a franquia.

Depois de ser capturado por Hunt e sua equipe, o espião interpretado por Tom Cruise fica irritado com ele a ponto de balançá-lo do lado de fora de um avião, até que Luther grita para Ethan parar.

Ao ouvir Luther dizendo o nome de Ethan, Davian descobre a sua identidade e é capaz de sequestrar sua esposa mais tarde.

No entanto, não há como uma pessoa ser capaz de ouvir qualquer coisa com a cabeça do lado de fora de um avião, especialmente considerando a sua velocidade e altitude.

O tanque de oxigênio

Em uma das sequências mais intensas de Missão: Impossível – Nação Secreta, Ethan Hunt é forçado a entrar em uma instalação subaquática para acessar um sistema de segurança.

Para tornar tudo ainda mais difícil, a área tem detectores de metal, então Hunt e sua equipe decidem que significa que ele não pode usar um tanque de oxigênio.

Mas espere aí: Hunt não mergulha em grande profundidade e não precisa se preocupar com a pressão da água. Um tanque de oxigênio de plástico teria resolvido todo o problema.

Um período de 20 horas

Em Missão: Impossível 2, os vilões planejam liberar um vírus mortal que pode matar milhares de pessoas. A sequência começa com o médico que criou o vírus se injetando com ele e viajando para os Estados Unidos para descobrir uma cura.

Em sua narração, ele revela que há um período de 20 horas até que o vírus se torne infeccioso. Mas um voo da Austrália para os Estados Unidos dura mais de 16 horas, o que significa que é provável que ele já tivesse ultrapassado esse período.

Cena de morte desnecessária

Uma das cenas mais brutais da franquia envolve Hunt lutando contra Hendricks em um estacionamento cheio de carros luxuosos. Os dois homens brigam por uma mala com os controles de uma arma nuclear.

Na tentativa de escapar de Hunt, Hendricks se joga para fora da garagem enquanto segura a mala. É uma decisão completamente estúpida, porque com isso ele acaba morrendo de forma desnecessária.

Simplesmente jogar a mala teria o mesmo efeito. Se tivesse feito isso, ele teria ficado vivo por mais tempo para lutar com Hunt.

O computador ativo em Langley

Uma das cenas mais famosas da franquia acontece em Missão: Impossível, quando Ethan Hunt precisa invadir a sede da CIA em Langley para acessar um computador que está em uma sala cheia de sensores de som e pressão.

Todos os fãs da franquia se lembram bem desse momento.

Mas quando você pensa um pouco, algo parece estranho na cena. Há uma segurança tão alta na sala, mas o computador em si é totalmente acessível.

O computador não devia permanecer bloqueado enquanto o sistema de segurança estivesse em vigor? Vá entender.

Alta escalada

Uma das acrobacias mais insanas de Tom Cruise veio em Missão Impossível – Protocolo Fantasma, quando Ethan Hunt precisa escalar o Burj Khalifa. Para acessar um quarto, Ethan Hunt precisou escalar o enorme hotel do lado de fora e entrar pela janela.

É uma cena incrível, mas não faz muito sentido. Sem muito esforço, a equipe de Hunt consegue chegar a uma sala próxima do andar que eles precisam alcançar.

Se eles tivessem subido um pouco mais, Hunt poderia simplesmente ter descido de rapel do lado de fora. Além disso, por que nenhum dos convidados parece assustado com um homem andando do lado de fora do prédio?

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio