Coisas que apenas adultos notam em Luca, da Disney e Pixar

Agora disponível no Disney+, a animação traz alguns pontos mais maduros

Publicado em 21/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Pixar é conhecida por criar animações que são divertidas para as crianças e também significam muito para os adultos. Com Luca, não é diferente.

Embora Luca não seja uma animação tão madura quanto outros trabalhos da Pixar, como Soul e Divertida Mente, ela também traz alguns detalhes que apenas os adultos podem perceber. Quer saber quais eles são?

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Continue lendo para conferir as coisas que apenas os adultos notam em Luca, da Disney e Pixar (via Looper). Obviamente, a lista é recheada de spoilers!

Abundam referências a filmes italianos

Luca acontece na Itália. Então, é claro que a Pixar ia trazer diversas homenagens a outros filmes italianos.

Mas não pense que essas referências são tão fáceis de serem reconhecidas. Em uma cena, há uma placa que diz “Vicolo De Sica”, uma homenagem ao cineasta italiano Vittorio De Sica, diretor de filmes como Ladrões de Bicicleta, Matrimônio à Italiana e Vítimas da Tormenta.

Em outra cena, há o pôster do filme A Estrada da Vida. O clássico foi dirigido por Federico Fellini, um dos diretores italianos mais famosos de todos os tempos.

Cauda fantasma é uma coisa real, ou pelo menos seria

Quando Luca sai da água pela primeira vez e se transforma em humano, ele expressa que sua cauda desapareceu, mas ele ainda sente que ela está lá. Alberto chama isso de “cauda fantasma”.

Você sabia que realmente é uma coisa real? Bom, não há realmente nada como uma “cauda fantasma”, mas quando algumas pessoas perdem um membro, como um braço ou uma perna, elas ainda sentem como se estivesse lá, o que os médicos chamam de “dor fantasma”.

Alberto tem problemas de abandono

Enquanto os pais de Luca são super protetores, Alberto explica que pode sair à vontade porque seu pai frequentemente o deixa sozinho. Mas quem está assistindo entende de cara que não é bem assim.

Alberto sofre problemas de abandono. É revelado mais tarde no filme que seu pai na verdade o abandonou, e é por causa disso que ele tem tanto trauma de perder Luca também.

O filme é bem casual sobre a diversidade de seus personagens

Luca é bastante casual quando se trata da diversidade que apresenta. O maior exemplo disso é Massimo, o pai de Giulia, que tem apenas um braço.

O homem inicialmente explica que um monstro do mar comeu seu braço, mas depois se diverte ao explicar que seria um clichê, ele na verdade apenas nasceu sem o braço. O filme é bem discreto sobre a inclusão desse personagem com deficiência.

Luca está tentando ser um menino de verdade, assim como Pinóquio

Pinóquio é um dos personagens italianos mais famosos de todos os tempos. O novo filme de animação da Disney e Pixar traz uma conexão direta ao mostrar que, assim como Pinóquio, Luca está tentando apenas ser um menino de verdade.

Luca se interessa muito pela cultura dos humanos e quer ser um deles, mas no fim descobre que apenas precisa ser ele mesmo. Obviamente, nem todos os temas abordados em Pinóquio são trazidos para Luca, já que alguns são considerados sombrios demais.

Luca aprende sobre as verdadeiras contribuições italianas à ciência e cultura

Luca descobre muito sobre ciência e cultura com Giulia. A garota tem muitos livros em seu quarto, com alguns deles dizendo respeito a famosas colaborações italianas à cultura.

Além disso, pode-se ver um esboço das máquinas voadoras idealizadas por Leonardo da Vinci. Fãs mais atentos também poderão ver um livro com uma foto do antigo Coliseu Romano.

A mensagem do filme é sobre a coragem de ser você mesmo

A mensagem geral de Luca é sobre aceitação, a coragem de ser você mesmo. A história termina com a família de Luca apoiando sua decisão de sair pelo mundo, mostrando com orgulho quem realmente é.

Como a avó de Luca explica, algumas pessoas nunca o aceitarão, mas outras vão. E ele parece saber como encontrar as pessoas boas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio