A Evolução e as Curiosidades da Netflix nos 10 anos no Brasil

A plataforma de streaming mudou muito e conquistou os brasileiros

Publicado em 6/9/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Netflix completou 10 anos no Brasil. A plataforma de streaming chegou em território nacional em 5 de setembro de 2011 e, desde então, conquistou os lares dos brasileiros, conquistando grande sucesso por aqui.

Com isso, separamos algumas curiosidades sobre a plataforma, além de falar brevemente sobre a evolução dela em alguns pontos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja abaixo algumas dessas curiosidades e descubra como a história da Netflix está ligada ao Brasil nesses últimos tempos.

Primeiro conteúdo exclusivo

A Netflix começou em agosto de 1997, em Scotts Valley, na Califórnia. Inicialmente era uma locadora de DVDs, com os discos enviados pelo correio e funcionava, também, à base de assinatura.

Eventualmente ela migrou para o streaming com a queda das locações de home video e em 2012 lançou a série Lilyhammer, considerada como primeiro conteúdo exclusivo da plataforma.

A série chegou a ter cenas gravadas no Rio de Janeiro, na terceira temporada e era estrelada por Steven Van Zandt, do Bruce Springsteen’s E Street Band e também conhecido por Família Soprano.

Eventualmente, a série acabou sendo cancelada e não ganhou uma quarta temporada.

As primeiras séries originais

Não muito tempo após o lançamento de Lilyhammer na plataforma e dois anos após a chegada da Netflix no Brasil, a gigante do streaming lançou as três séries completamente originais, com produção própria.

A primeira foi House of Cards, com Kevin Spacey e Robin Wright, lançada em 1 de fevereiro de 2013 e que durou até 2 de novembro de 2018.

A segunda foi Hemlock Grove, terror que estreou em 19 de abril de 2013 e teve apenas três temporadas, com a última lançada em 23 de outubro de 2015.

Por fim, veio Orange is the New Black, que continua sendo uma das produções mais aclamadas da Netflix. Ela foi lançada em 11 de julho de 2013 e durou até 26 de julho de 2019.

As primeiras maratonas no Brasil

Mas quem assinou a Netflix entre outubro de 2012 e outubro de 2017 costumava maratonar outros seriados, conforme dados da própria plataforma.

Sense8, Narcos e Breaking Bad dominavam as casas dos assinantes brasileiros, sendo as séries mais maratonadas nacionalmente.

Vale apontar que a Netflix considera maratona quem completa as séries em menos de sete dias.

Produções brasileiras de maior sucesso

Com o tempo, produções brasileiras começaram a ser ofertadas na plataforma. Seriados como 3% e Cidade Invisível se destacaram e a Netflix revelou quais os títulos que ficaram mais tempo no Top 10 do país.

Tudo Bem no Natal Que Vem, Bom Dia, Verônica e Cidade Invisível foram as produções brasileiras de maior sucesso em território nacional, conforme dados da própria companhia.

As mais comentadas

O sucesso dessas séries e filmes também se deve à presença da Netflix nas redes sociais e a interação dos fãs com a plataforma.

O Brasil tem a base de fãs mais ativa no Twitter de toda a América Latina e também é o perfil da Netflix com maior número de seguidores no mundo, superando até mesmo o principal da plataforma de streaming na rede social.

As séries mais comentadas nas redes sociais no Brasil são Stranger Things (como esperado), O Mundo Sombrio de Sabrina e Outer Banks.

Sucessos de cinema

Não é só no Brasil que as produções brasileiras fazem sucesso. Internacionalmente, dois filmes nacionais originais da Netflix atraíram a atenção dos assinantes.

Modo Avião, com Larissa Manoela, e Pai em Dobro, com Maisa Silva, foram os dois títulos que mais apareceram dentre os 10 mais assistidos da plataforma ao redor do mundo, em pelo menos 50 países.

Evolução do visual

Por fim, a Netflix também mudou bastante sua identidade visual ao longo dos anos, simplificando o logo cada vez mais, até chegar no simples N em vermelho que temos hoje em dia.

Quem assinou a plataforma desde o início deve se lembrar do clássico logo branco em perspectiva (geralmente com fundo vermelho por trás). Os mais antigos vão se lembrar até da época que não existia o já icônico “tudum”.

Acima a evolução dos logos da plataforma de streaming pode ser conferida.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio