Mais do que você gosta.

Publicidade

Mudanças chocantes

7 grandes reviravoltas que foram cortadas dos livros de Harry Potter

Saga de J.K. Rowling poderia ter sido muito diferente

Publicado por Alexandre Guglielmelli

19/04/2022 21:30

Considerada uma das franquias mais populares de todos os tempos, Harry Potter continua a fazer sucesso nos cinemas. O que muitos fãs não sabem é que grandes reviravoltas acabaram cortadas dos livros de J.K. Rowling. Algumas dessas tramas tinham o potencial para mudar drasticamente a história do bruxinho – e consequentemente, os filmes da Warner.

Embora a saga Harry Potter tenha lançado seu último filme em 2011, o universo mágico segue nos cinemas com a franquia Animais Fantásticos.

Os Segredos de Dumbledore, o terceiro filme da saga, chegou aos cinemas em abril de 2022. Embora tenha conseguido uma bilheteria sólida, o longa falhou em conquistar a crítica especializada, com apenas 49% de aprovação no Rotten Tomatoes.

Enquanto Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore conquista os fãs nos cinemas, o site Screen Rant listou 7 grandes reviravoltas que foram cortadas dos livros de Harry Potter; confira abaixo.

O professor vampiro de Hogwarts

Embora Harry Potter dê um foco maior aos bruxos, a saga de J.K Rowling também conta com a presença de muitos seres híbridos – como centauros e sereias. Originalmente, a autora tinha a intenção de abordar essa temática com mais profundidade, por meio da inclusão de um professor vampiro em Hogwarts.

O personagem se chamaria Professor Trocar, mas eventualmente, Rowling acabou mudando de ideia. A autora concluiu que não teria contribuições suficientes para acrescentar à mitologia dos vampiros, e por isso, Trocar foi excluído da saga.

A irmã de Hermione

Nos planos originais para a saga Harry Potter, Hermione teria uma irmã mais nova – provavelmente em uma espécie de paralelo com a trama de Lily e Petúnia Evans. Entretanto, Rowling decidiu caracterizar a bruxinha como uma garota de família pequena, em um contraste ao numeroso clã dos Weasley.

Segundo o site Screen Rant, o fato de J.K. Rowling ter optado por não incluir a irmã de Hermione na história foi uma decisão acertada. Afinal de contas, a introdução de mais uma personagem poderia desviar as atenções sobre a trama principal.

Um Weasley na Sonserina?

Embora alguns fãs de Harry Potter afirmem que um dos irmãos Weasley – Percy, especificamente – deveria ter ido para a Sonserina, todos os integrantes da família fazem parte da casa Grifinória.

Entretanto, nos planos originais de J.K. Rowling, os Weasleys teriam uma prima na Sonserina. A personagem seria batizada de Mafalda Weasley, e se tornaria uma grande rival de Hermione. Entretanto, ela acabou cortada, e parte de sua trama acabou transferida para a jornalista Rita Skeeter.

O nome verdadeiro de Draco

Fãs de Harry Potter sabem que os nomes dos personagens são elementos extremamente importantes. Cada nome conta com um significado específico, normalmente associado à personalidade dos bruxos de Hogwarts. O que muita gente não sabe é que Draco Malfoy, nos planos originais de J.K. Rowling, teria um nome bem diferente.

A versão original de Draco seria chamada de Draco Spungen. Entretanto, a autora decidiu trocar o sobrenome para Malfoy. A troca foi uma ótima decisão, já que oferece um caráter aristocrático e arrogante à família de Draco.

potter and hermione

Pai de Hermione salva Harry Potter

Na saga Harry Potter, Hermione e o protagonista titular não demoram a virarem amigos. Entretanto, uma versão prévia de A Pedra Filosofal oferece um caráter bem mais profundo à relação dos personagens.

Em um dos primeiros esboços de Harry Potter, o pai de Hermione presencia a explosão da casa dos Potter, encontra o bebê Harry e o leva para um lugar seguro. Na saga oficial, o papel acabou transferido para Hagrid. Na verdade, o pai de Hermione se tornou um relativo figurante, sendo citado poucas vezes nos livros de Rowling.

A morte de Rony

O que seria do trio de protagonistas sem Rony Weasley? O personagem de Rupert Grint é uma parte essencial da saga de Harry Potter, mas em uma versão original da história, ele simplesmente morreria. O bruxo seria eliminado em O Cálice de Fogo, o quarto livro da franquia de J.K. Rowling.

Em uma entrevista, a autora revelou que estava passando por momentos difíceis quando considerou matar um dos protagonistas. Felizmente, Rowling mudou de ideia e decidiu deixar Rony vivo. A decisão foi crucial para a progressão da história, já que a Família Weasley representa um aspecto importantíssimo da resistência a Voldemort.

Outro Weasley morto?

Em Harry Potter e a Ordem da Fênix, Arthur Weasley é atacado por Nagini, a fiel serpente do Lord Voldemort. Muitos fãs não sabem, mas em uma versão original do esboço de J.K. Rowling, o pai de Rony morreria em decorrência dos ferimentos.

Felizmente, a escritora mudou de ideia, e passou a considerar a morte de Arthur Weasley “cruel e desnecessária”. Segundo o site Screen Rant, a escritora tomou a decisão correta. Originalmente, a morte ofereceria a Rony um motivo a mais para enfrentar Voldemort. Mas também representaria um grande trauma para Harry, que já havia perdido outras figuras paternas.

Todos os filmes da saga Harry Potter estão disponíveis no HBO Max. Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore está em cartaz nos cinemas.

Publicidade