Mais do que você gosta.

Publicidade

Lista

Fatos falsos sobre O Senhor dos Anéis que você sempre acreditou

A saga é uma das mais amadas da cultura pop

Publicado por Victor Carvalho

18/03/2022 19:30

O Senhor dos Anéis é uma das sagas mais amadas do cinema, tendo começado originalmente nos livros, de autoria de J. R. R. Tolkien.

Esse universo apresenta uma mitologia tão rica em detalhes que é fácil se confundir. Por exemplo, existem coisas em O Senhor dos Anéis que as pessoas interpretaram errado por anos.

Continue lendo para conferir uma lista com fatos falsos sobre O Senhor dos Anéis que alguns fãs sempre acreditaram.

Os hobbits são uma raça fraca

Existe o mito de que os pequenos hobbits são uma raça fraca em geral. No entanto, isto não é verdade. Existem hobbits que podem ser muito robustos e ferozes.

É algo que muitas pessoas não sabem por se tratar de um detalhe que não teve tanto destaque na adaptação para o cinema.

Sam é apenas um alívio cômico

Interpretado de maneira divertida por Sean Astin, Sam pode ser visto como um simples alívio cômico durante a maior parte da saga O Senhor dos Anéis.

No entanto, o personagem apresenta características que o tornam muito mais do que isto, como a sua coragem e a sua lealdade.

Não é à toa que Sam é um dos personagens mais amados de O Senhor dos Anéis, mas ele pode ser ainda mais interessante do que algumas pessoas pensam.

Perder o anel leva ao envelhecimento instantâneo

Existe o equívoco em O Senhor dos Anéis de que perder o anel leva ao envelhecimento instantâneo.

Muitos fãs pensam nisso por causa do que acontece com Bilbo, mas a verdade é que não é exatamente assim. Pense em Gollum, por exemplo.

Gollum tinha mais de 600 anos quando morreu, e já não contava com o anel há mais de 60 anos. Ele tinha uma aparência bizarra, é verdade, mas ainda apresentava uma certa agilidade.

Se perder o anel realmente levasse ao envelhecimento instantâneo, Gollum poderia rapidamente ter se tornado pó antes que muitas coisas acontecessem.

Sauron é um globo ocular gigante

No cinema, Sauron é representado como um globo ocular gigante em chamas, mas não é bem assim nos livros.

Na verdade, originalmente, o “olho” de Sauron é mais como uma metáfora, mas não dava para ser assim na adaptação.

A ideia do “olho” de Sauron teve que ganhar um sentido mais literal, em uma tentativa de trazer o personagem mais diretamente para a narrativa.

Aragorn não é tão velho

Interpretado por Viggo Mortensen, Aragorn é muito mais velho do que parece.

Ele já era um guerreiro altamente experiente durante as aventuras em O Senhor dos Anéis, e chegou a viver por 210 anos até falecer pacificamente.

O personagem vive por tanto tempo porque ele não era exatamente como os homens mortais, sendo o último sobrevivente de uma antiga raça.

Gandalf é apenas um mago

Gandalf é o mago mais icônico de O Senhor dos Anéis, mas ele não é um mago qualquer.

O personagem não é, digamos, alguém que mostrou habilidade com magia quando era jovem e então foi enviado para algum tipo de escola para aprender feitiços.

A verdade é que Gandalf foi criado como um mago. Ele literalmente foi criado para isso e enviado à Terra Média justamente para protegê-la.

Boromir era apenas um traidor fraco

Boromir não teve grande destaque na adaptação de O Senhor dos Anéis para o cinema, então alguns fãs não tiveram a chance de ver muitas facetas do personagem.

Isso fez com que ele parecesse apenas um traidor fraco, mas a verdade é que o personagem é bem mais complexo nos livros.

Boromir era um guerreiro nobre e poderoso, que tinha muitas fraquezas e problemas, mas a sua personalidade não era totalmente definida por isso.

Os pés dos hobbits são desproporcionalmente grandes

Tornou-se muito conhecido por meio da adaptação de O Senhor dos Anéis para o cinema que os hobbits têm pés desproporcionalmente grandes.

Essa é uma das características mais populares dos hobbits. No entanto, não é bem assim nos livros.

J. R. R. Tolkien nunca escreveu especificamente que os hobbits tinham pés particularmente grandes, apenas que os seus pés tinham solas muito duras e eram muito peludos.

Os elfos são loiros e têm orelhas pontudas

A adaptação de O Senhor dos Anéis para o cinema adicionou características nos elfos que não estavam nos livros de J. R. R. Tolkien.

Por exemplo, muitos acreditam que os elfos são, em sua maioria, loiros, mas o escritor nunca mencionou esse detalhe especificamente.

Acredite se quiser, J. R. R. Tolkien nunca escreveu nem mesmo que os elfos tinham orelhas pontudas.

A descrição dos elfos nos livros é um tanto vaga, talvez porque o escritor achasse que as pessoas já conheciam bem os elfos de outras histórias.

Eles poderiam ter simplesmente voado para Mordor

Uma crítica comum contra O Senhor dos Anéis é que Gandalf poderia simplesmente ter convocado as Grandes Águias para que eles voassem até Mordor. Mas, não era tão simples assim.

Gandalf não podia apenas controlar os pássaros gigantes da maneira que ele queria. Nos livros, as Grandes Águias são descritas como extremamente inteligentes.

Elas não gostam muito de criaturas de duas pernas e raramente se envolvem com elas.

As Grandes Águias respeitam Gandalf e ocasionalmente o ajudam, mas não é como se o mago pudesse simplesmente controlá-las.

Publicidade