Mais do que você gosta.

Publicidade

O Futuro de SW

Novos filmes de Star Wars tem um grande problema para resolver

Nova trilogia não será fácil

Publicado por Karol M.

04/05/2022 14:39

Hoje é dia 04 de maio, uma data muito importante para os fãs de uma das maiores franquias dos cinemas: comemora-se hoje o Star Wars Day (Dia de Star Wars), data escolhida graças à icônica fala “may the force be with you” (que a Força esteja com você), que em inglês soa como “may the forth be with you”, o que seria algo com “que o 04 de maio esteja com você”.

Neste mês, teremos o lançamento da série de Obi-Wan Kenobi no Disney+, mas novos filmes também estão em mente — e eles podem ser um problema para o futuro da franquia Star Wars.

Desde antes do lançamento de Star Wars: Episódio IX – A Ascensão Skywalker, a Disney já havia anunciado seus planos de lançar uma nova trilogia nos cinemas.

Os filmes devem ser lançados em 2023, 2025 e 2027, de acordo com Games Radar, e ainda não sabemos muito sobre o que esperar dessa nova franquia, mas tudo indica que irá se afastar da história dos Skywalkers, que já tem sido explorada desde 1977 e não parece mais ter muito a render.

Então, o que sobra para a nova trilogia e quais problemas ela pode trazer consigo? O site Looper fez uma lista:

Fim da linha para os Skywalker

Como dito acima, a franquia Star Wars já explorou muito a história da família Skywalker, seja com Anakin, Luke e Leia ou mesmo Ben Solo. Ao longo de todos esses mais de cinquenta anos da franquia, o drama familiar sustentou as trilogias nos cinemas, mas não parece haver mais nada de interessante a respeito deles, já que tudo foi concluído com o filme A Ascensão Skywalker, e continuar apertando a mesma tecla pode cansar o público.

Star Wars ainda tem um vasto universo a percorrer, com muitas histórias que podem ser contadas em uma galáxia muito, muito distante, como temos vistos nas séries do Disney+, e poderíamos ter isso nos cinemas também, como já foi feito através dos filmes de Rogue One e Han Solo. Mas já deu para os Skywalkers.

Fãs tóxicos

Quando a trilogia prequel foi lançada, fãs antigos criticaram os novos longas. Depois, com O Despertar da Força e a tentativa de franquia em ser mais aberta a termos de representatividade, conversando com o público atual, muitos fãs voltaram a se revoltar com a saga e ataques de ódio foram direcionados ao elenco.

Começar mais uma trilogia e mexer mais uma vez com o legado de Star Wars certamente fará com que o efeito se repita uma terceira vez. É quase inevitável, mas será que é realmente necessário?

Hora de seguir em frente

Não é surpresa para ninguém que, neste ponto da história, Star Wars tem se tornado uma galinha dos ovos de ouro para a Disney, explorando cada centímetro possível para lucrar em cima da criação de George Lucas.

A própria equipe criativa por trás de Star Wars parece estar a fim de desacelerar as coisas, incluindo Kathleen Kennedy, presidente da Lucasfilm, que disse à Entertainment Weekly em 2019 que a franquia faria um breve hiato para “olhar para onde isso está indo, do ponto de vista de uma saga”, mas a Disney não parece querer prolongar essa pausa.

Mesmo quando se trata das animações, por exemplo, a produtora executiva Kanako Shirasaki, de Star Wars: Visions, falou que precisou insistir para que os estúdios de anime envolvidos explorassem novos personagens, em vez de continuar focando nos Skywalkers. No entanto, quem tem o dinheiro no bolso prefere continuar seguindo pelo caminho seguro em vez de inovar, e esse excesso de segurança pode custar caro para o futuro de Star Wars.

Publicidade