Mais do que você gosta.

Publicidade

Contém spoilers

O que a cena final de Stranger Things 4 significa para o futuro da série

Desfecho do quarto ano traz o apocalipse para Hawkins na Netflix

Publicado por Alexandre Guglielmelli

06/07/2022 20:00

A 4ª temporada de Stranger Things termina com um final bombástico – com o potencial de mudar para sempre o futuro da história. Já renovada para o quinto ano, a produção da Netflix começa a preparar o terreno para o seu desfecho. E os fãs querem saber: o que a cena final do quarto ano significa para a conclusão da série?

No último episódio de Stranger Things 4, Vecna consegue abrir os Quatro Portões do Mundo Invertido. A partir daí, o monstro transforma a cidade de Hawkins em um verdadeiro inferno.

Continua depois da publicidade

A intenção de Vecna, ao que parece, é criar um “mundo perfeito” e reconstruir Hawkins à sua imagem. Na cena final, o personagem oferece a Will um vislumbre do que está por vir – um cenário arrasado e marcado pelos elementos do Mundo Invertido.

Explicamos abaixo tudo que a cena final de Stranger Things e a visão de Will representam para o futuro da série; confira.

A trama de Montauk

Antes de criarem a trama central de Stranger Things, os Irmãos Duffer tinham a intenção de produzir uma série de terror e ficção científica chamada Montauk.

Os produtores chegaram a criar um roteiro para a série. No começo, ela segue a mesma perspectiva de Stranger Things. A história começa com o desaparecimento de Will, mas se desenvolve de forma bem diferente.

“A ruptura que separa nosso mundo de uma dimensão alternativa começa a se espalhar por Montauk como um câncer. Ela se manifesta de maneiras bizarras e paranormais. Campos elétricos são alterados. Fungos estranhos começam a crescer. Uma neblina sinistra paira no Atlântico. Pessoas testemunham terríveis entidades em suas casas. Toda a cidade fica ‘assombrada’”, afirma a descrição da série.

É basicamente isso que acontece com Hawkins no final da 4ª temporada. A descrição também indica o que pode acontecer no futuro. Em outras palavras, a cidade tem tudo para ser invadida por um verdadeiro ‘enxame’ de criaturas do Mundo Invertido.

Hawkins não é mais segura

A 4ª temporada de Stranger Things traz desenvolvimentos chocantes para o povo de Hawkins. Após as mortes de Chrissy, Patrick e Fred, a população da cidade começa a entender que algo de muito estranho acontece no local.

Em uma referência direta ao Pânico Satânico – uma histeria coletiva ocorrida nos Estados Unidos entre os anos 70 e 90 – o povo de Hawkins culpa Eddie e o Clube do Inferno pelos acontecimentos.

Com o desfecho da 4ª temporada, os cidadãos de Hawkins serão obrigados a confrontar os próprios pecados. Afinal de contas, a cidade não é mais segura. Como a cena final revela, a vegetação da região passa a ser afetada pelo Mundo Invertido.

Nesse sentido, os moradores de Hawkins não poderão mais ignorar o que acontece na cidade. Fica a dúvida: eles vão unir forças e trabalhar juntos para derrotar esse mal catastrófico? Ou sucumbirão ao preconceito, intolerância e violência?

Will tem a resposta?

Todos os protagonistas de Stranger Things desempenham papéis importantíssimos na condução da trama – e na batalha contra Vecna.

Enquanto Eleven protagoniza os principais embates sobrenaturais, é Will Byers quem tem a maior conexão com as entidades do Mundo Invertido. Afinal, a série começa com seu desaparecimento. Desde então, o personagem sofre com sua ligação psíquica com a dimensão alternativa.

Na temporada final de Stranger Things, Vecna pode usar sua conexão com Will para derrotar Eleven e os amigos. Por outro lado, a ligação também pode se provar uma arma crucial na batalha contra a entidade.

A conexão de Will com Vecna e o Mundo Invertido, definitivamente, é uma lâmina de dois gumes. Com isso, o personagem de Noah Schnapp garante, ao mesmo tempo, potencial para salvar ou destruir Hawkins.

A questão de Max

No final de Stranger Things 4, Max “morre” por alguns minutos. No entanto, a “ressurreição” da personagem, por intermédio de Eleven, cria uma anomalia na abertura dos Portões.

A situação de Max continua envolta em mistério. Stranger Things, definitivamente, tem uma justificativa importante para manter a personagem viva. A partir daí, Max pode se tornar essencial para o fechamento dos Portais.

Vale lembrar que Max só consegue voltar à vida devido ao amor de Eleven. São as memórias felizes da personagem que ajudam a adolescente a escapar de seu destino. Porém, o custo dessa “ressurreição” ainda deve ser revelado.

A principal temática da Parte 2 de Stranger Things 4 parece ser o “custo da vitória”. Max termina os novos episódios em coma. Eddie, em uma das cenas mais emocionantes da série, se sacrifica para salvar os amigos. Hawkins abre as portas para o apocalipse. A batalha está longe de terminar.

A Batalha de Hawkins

A 5ª temporada de Stranger Things deve abordar a “Batalha de Hawkins”, o conflito final entre o Mundo Invertido e os humanos. Dessa forma, comparações com a Batalha de Hogwarts, de Harry Potter, se tornam inevitáveis.

A 4ª temporada também revela que todos os eventos sinistros de Hawkins, desde o desaparecimento de Will à criação do Devorador de Mentes, foram orquestrados por Vecna.

Sendo assim, na temporada final, os personagens devem embarcar em uma jornada eletrizante para descobrir a fraqueza de Vecna.

Na trama, Eleven e seus amigos devem entrar cada vez mais profundamente no passado de Vecna e na maneira como o vilão se liga ao Mundo Invertido.

A 5ª temporada de Stranger Things ainda não tem previsão de estreia. Enquanto isso, você pode conferir todos os episódios da série na Netflix.

Sobre o autor

Alexandre Guglielmelli

Alexandre Guglielmelli

Formado pela PUC Minas, sou especialista em filmes de terror, reality shows e cultura pop. Nas horas vagas, gosto de escrever e oferecer indicações de filmes e séries para os amigos.

Publicidade