Mais do que você gosta.

Publicidade

Curiosidades

Oscar 2022: 10 coisas que você não sabia sobre os indicados

Muitos feitos únicos nessa edição da premiação

Publicado por Guilherme Coral

27/03/2022 15:00

O Oscar 2022 se aproxima e traz diversos filmes imperdíveis, com exemplares para todos os gostos. Mas a premiação em si conta com alguns detalhes curiosos.

O ScreenRant preparou uma lista, que trazemos aqui, com 10 curiosidades sobre os indicados ao Oscar 2022.

Há detalhes sobre os atores, diretores, com direito a recordistas e feitos únicos na história da Academia. Veja abaixo.

Nove atores foram indicados pela primeira vez

Toda cerimônia do Oscar conta com os marinheiros de primeira viagem e a edição de 2022 não é exceção.

Dessa vez, nove atores e atrizes foram indicados pela primeira vez aos prêmios de atuação.

São eles: Kristen Stewart por Spencer, Kodi Smit-McPhee, Kirsten Dunst e Jessie Plemons por Ataque dos Cães, Troy Kutsur por No Ritmo do Coração, Ciarán Hinds por Belfast, Jessie Buckley por A Filha Perdida, Ariana DeBose por Amor, Sublime Amor e Aunjanue Ellis por King Richard: Criando Campeãs.

tick tick boom

Nenhum novato na categoria melhor ator

Ao contrário das outras categorias de atuação, a de melhor ator só conta com astros que já foram previamente indicados.

Essa é a primeira vez em 41 anos que isso acontece. A última vez que a categoria incluiu somente atores que já haviam sido indicados foi em 1981, quando Robert De Niro ganhou o segundo Oscar dele, por Touro Indomável.

Denzel Washington foi indicado 9 vezes

A Tragédia de Macbeth garantiu mais uma indicação ao Oscar de melhor ator para Denzel Washington. Com isso, ele se torna o terceiro ator mais indicado na História da premiação.

Além disso, ele é o primeiro ator a ser indicado ao longo de cinco décadas. Ele recebeu uma indicação nos anos 1980, duas nos anos 1990 (tendo ganhado de melhor ator coadjuvante por Tempo de Glória). Foi indicado mais duas vezes nos anos 2000 e ganhou por Dia de Treinamento, em 2002.

Nos anos 2010, ele foi indicado mais três vezes, mas não conquistou prêmios e agora está com a nona indicação nos anos 2020.

Riz Ahmed recebe segunda indicação

Riz Ahmed foi indicado ao prêmio de melhor ator em 2020 por O Som do Silêncio. Na edição de 2021, no entanto, ele concorre em uma categoria totalmente diferente.

Dessa vez ele foi indicado na categoria melhor curta-metragem em live action, por The Long Goodbye. Ele também é produtor executivo da animação em longa-metragem Flee.

Mais uma conquista de Judi Dench

Judi Dench conquistou a oitava indicação dela pelo trabalho em Belfast. Ela é a terceira atriz mais velha a ter sido indicada em qualquer categoria, com 87 anos.

Apenas Christopher Plummer e Gloria Stuart superaram Dench. Plummer foi indicado com 88 anos e Stuart com 87, alguns meses mais velha que Judi Dench na época.

Representatividade LGBTQIA+

Ariana DeBose e Kristen Stewart são as primeiras indicadas abertamente LGBTQIA+ nas categorias de melhor atriz Coadjuvante e atriz principal.

A inclusão delas marca um avanço significativo em termos de diversidade, especialmente porque ambas têm chances reais de vencer.

Kenneth Branagh quebra recorde

Kenneth Branagh fez sua estreia na tela grande no início dos anos 1980 e tem trabalhado desde então. Neste ano, Brannagh recebeu sua sexta, sétima e oitava indicações ao Oscar por Belfast.

Brannagh é agora o indivíduo mais indicado em diferentes categorias no Oscar.

Desde 1989, ele foi indicado nas categorias mMelhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Roteiro Original e Melhor Curta-metragem em Live Action.

Filme de Steven Spielberg está no Disney+

Steven Spielberg também conquista feito único

Com sua indicação para Amor, Sublime Amor, Steven Spielberg se torna o terceiro diretor mais indicado na história do Oscar, empatando com Billy Wilder com oito indicações. Martin Scorsese e William Wyler são o segundo e primeiro mais indicados, com nove e onze menções, respectivamente.

Spielberg também é o primeiro diretor a receber indicações ao longo de seis décadas. A partir do final dos anos 1970, Spielberg recebeu uma indicação de direção ao longo dos anos 1980, 1990, 2000, 2010 e 2020.

Casais indicados

Ocasionalmente, a Academia indica casais nas categorias de atuação. Isso aconteceu com Penélope Cruz e Javier Bardem nesta edição de 2022 e também com Kirsten Dunst e Jessie Plemons.

Previamente, esse cenário aconteceu em 2016, quando Alicia Vikander e Michael Fassbender concorreram a prêmios na mesma edição.

Jane Campion se destaca

Jane Campion se tornou a primeira mulher a receber duas indicações na categoria de melhor direção. A aclamada diretora recebeu sua primeira indicação em 1994 por seu drama O Piano.

Ela perdeu para Steven Spielberg por A Lista de Schindler; ainda assim, Campion não ficou de mãos vazias, conquistando o Oscar de Melhor Roteiro Original.

Provando que a história se repete, Campion e Spielberg são indicados juntos novamente, mas as chances parecem favorecer ela desta vez, visto que é a favorita da edição.

Publicidade