Capitão América 3 passará por refilmagens e diretores chamam filme de “complicado”

Publicidade

Em entrevista ao Collider, os diretores de Capitão América: Guerra Civil, Joe e Anthony Russo, falaram sobre o processo de pós-edição do filme. Faltando pouco mais de três meses para a estreia, o longa passará por refilmagens na próxima semana.

“No próximo mês faremos a parte mais difícil do processo de edição. Mas nós estamos muito felizes como o filme está agora. A parte mais complicada foi a dos efeitos visuais, porque o filme tem grandes sequências [de ação] e com uma escala maior que as cenas de Soldado Invernal. Então todos nós estamos nos matando para correr contra o tempo agora. Também estamos finalizando a trilha sonora e faremos refilmagens na próxima semana… O filme estará pronto em dois meses e meio”, adiantaram.

Os irmãos Russo comentaram ainda sobre o tom de Capitão América 3 e sua principal diferença com o filme anterior.

Continua depois da publicidade

“Soldado Invernal foi um thriller político. Nós consideramos Guerra Civil mais como um thriller psicológico. É um filme complicado, divide os personagens que você já conhece e isso é uma coisa difícil de se fazer”.

Capitão América 3 terá dois funerais e deve matar um dos Vingadores

Anteriormente, o diretor de Capitão América 3 prometeu que o filme vai chocar o público e terá um “efeito profundo” nos fãs – leia aqui.

No final do ano passado, os diretores de Capitão América 3 também falaram sobre as consequências da Guerra Civil para os heróis (leia aqui) e confirmaram a mudança da Lei de Registro de Super-Humanos em relação aos quadrinhos, que será chamada de Acordos de Sokovia no filme (entenda aqui), além de comentarem a relação entre Bucky Barnes – que muitos especulam ser o estopim da Guerra Civil – e Steve Rogers.

“O tema do filme é traição”, afirma diretor

Confira todos os segredos do trailer do filme

Veja mais de 60 imagens do primeiro trailer!

Capitão América: Guerra Civil chegará aos cinemas brasileiros em 14 de abril de 2016, inaugurando a Fase 3 da Marvel.

O filme começa onde Vingadores: Era de Ultron parou, com Steve Rogers liderando a nova equipe dos Vingadores em seus esforços contínuos para proteger a humanidade. Depois que outro incidente internacional envolvendo os Vingadores causa danos colaterais, o aumento da pressão política resulta na instalação de um sistema de responsabilidade e um conselho governamental para determinar quando solicitar os serviços da equipe.

Quando o governo então cria um órgão para supervisionar os Vingadores, o super time de heróis se divide em dois. Um liderado por Steve Rogers e seu desejo em manter os Vingadores livres para defender a humanidade sem interferência do governo, e o outro que segue a surpreendente decisão de Tony Stark em apoiar o governo na fiscalização de seus atos. Enquanto a equipe está fragmentada, surge um novo e nefasto vilão.

O elenco traz Chris Evans como Capitão América, Robert Downey Jr como Homem de Ferro, Tom Holland como Homem-Aranha, Frank Grillo como o vilão Ossos Cruzados, Chadwick Boseman como Pantera Negra, Scarlett Johansson como Viúva Negra, Sebastian Stan como Soldado Invernal, Anthony Mackie como Falcão, Jeremy Renner como Gavião Arqueiro, Elizabeth Olsen como Feiticeira Escarlate, Daniel Brühl como Barão Zemo, Emily VanCamp como Agente 13, Don Cheadle como Jim Rhodes/Máquina de Combate, Paul Bettany como Visão, Paul Rudd como Homem-Formiga, William Hurt como General Ross e Martin Freeman.

Confira as oito maiores lutas do filme

10 coisas que você precisa saber sobre Guerra Civil

A direção ficou a cargo ds irmãos Joe e Anthony Russo, de Capitão América: Soldado Invernal e que vão assumir Os Vingadores 3.

Publicidade
© 2021 Observatório do Cinema | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade