Como Eu Era Antes de Você | Autor quadriplégico citado no filme critica a trama

Publicidade

O autor Francesco Clark, cuja autobiografia Walking Papers é referenciada no filme Como Eu Era Antes de Você, negou envolvimento com o filme ou ter dado permissão para a citação de seu livro, e criticou a trama e o final trágico da história tirada da obra de Jojo Moyes.

“Eu trabalhar incansavelmente para mostrar para todo mundo que ser quadriplégico não o final da vida de ninguém – é um novo começo”, disse Clark ao Page Six. “Eu não estou tomando uma posição contra o suicídio assistido, estou dizendo que estou revoltado por terem me associado a uma história que diz que a única ou melhor saída para pessoas como eu é a morte”.

Francesco Clark ficou paralisado do pescoço para baixo, como o protagonista do romance, no começo de seus 20 anos, e garantiu que os produtores do filme não o procuraram para saber se ele queria o seu nome associado à Como Eu Era Antes de Você. “Eu vou continuar espalhando uma mensagem de positividade e esperança para às pessoas que sofreram ferimentos como os meus, ou que conhecem e amam alguém que sofreu. Sou um perfeito exemplo de que a vida não só continua, como se torna melhor a cada dia”, declarou o autor.

Continua depois da publicidade

Crítica | Como Eu Era Antes de Você

O filme romântico acompanha Clark (Emilia Clarke), jovem que vive em uma cidade pequena e não tem muitas ambições na vida. Quando o café onde trabalha fecha as portas, ela consegue emprego como cuidadora de Will Traynor (Sam Clafin), ex-atleta que ficou tetraplégico após um acidente de moto. Com o passar do tempo, um acaba mudando a vida do outro.

Emilia Clarke ficou feliz ao ver pessoas chorando com o trailer

Jenna Coleman (Doctor Who), Charles Dance (Game Of Thrones), Matthew Lewis (Harry Potter) e Brendan Coyle (Downton Abbey) completam o elenco.

Diretora responde polêmica sobre final do filme

Publicidade
© 2021 Observatório do Cinema | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade