Gladiador teve a maneira mais estúpida de se fazer um filme, diz Russell Crowe

Publicidade

Durante entrevista à BBC1, Russell Crowe criticou a produção de Gladiador, filme que lhe rendeu o Oscar de Melhor ator em 2001.

Segundo o ator, o longa vencedor de 5 Oscars “teve a maneira mais estúpida possível de se fazer um filme”, revelando que no início das filmagens o roteiro só tinha 21 páginas.

Conforme as câmeras rolavam, novas páginas escritas pelos roteiristas William Nicholson e John Logan continuavam chegando, algo que acabou frustrando Russell Crowe.

Continua depois da publicidade

“Estava nessa situação em que versões do que aconteceria nas próximas cenas continuavam chegando pelas mãos de roteiristas diferentes”, relembrou o ator sobre os bastidores turbulentos da produção dirigida por Ridley Scott.

Russell Crowe atualmente está em cartaz nos cinemas brasileiros com a comédia policial Dois Caras Legais, ao lado de Ryan Gosling.

Publicidade
© 2022 Observatório do Cinema | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade