Mortal Kombat | James Wan explica demora do novo filme: “Queremos fazer a coisa certa”

Mortal Kombat
Publicidade

James Wan (Invocação do Mal 2, Velozes e Furiosos 7), que está a cargo do novo filme de Mortal Kombat, justificou a longa gestação do projeto em entrevista ao IGN. Segundo o diretor, o terceiro filme vai demorar para sair porque quer se certificar de que ele “está indo para a direção certa”.

“Ainda estamos desenvolvendo. Essa é uma propriedade muito bacana, que eu amava quando era criança. Além do game e até mesmo dos filmes, eu gostava deles pelo que eles representavam. O principal [no novo filme] é tentar fazer a coisa certa, por isso não quero apressar nada. Então, estamos levando o nosso tempo para nos certificarmos de que o projeto está indo na direção certa. Eu acho que isso é mais importante do que tentar apressar o filme e entregar algo que ninguém vai gostar”.

Wan continua, fazendo uma declaração de amor à franquia:

Continua depois da publicidade

“Eu amo os personagens, eles são tão coloridos. [Mortal Kombat] Tem uma abordagem incrível, é como se fosse uma versão fantasiosa de Operação Dragão (1973), uma versão de vídeogame do filme. Com isso, acabaram criando personagens muito interessantes e um mundo muito legal para se explorar, um lugar mítico em outra dimensão acima da nossa. Eu acho que será muito divertido abordar esse mundo, então veremos”.

Mortal Kombat 3 deve ter a volta de Christopher Lambert e viagem no tempo

Mortal Kombat 3 deve começar após James Wan (Invocação do Mal) finalizar o filme do Aquaman para a DC/Warner. Dave Callaham (Godzilla) e Orem Uziel (Anjos da Lei 2) estão trabalhando no roteiro, que deve fazer um completo reboot na cronologia.

Dois filmes da franquia foram lançados no cinema, em 1995 e 1997, além de uma série de TV que durou apenas uma temporada, entre 1998 e 1999.

Publicidade
© 2021 Observatório do Cinema | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade