Uma Dobra no Tempo terá primeira mulher negra a dirigir filme de mais de US$100 milhões

Publicidade

Ava DuVernay e a Disney vão fazer história com Uma Dobra no Tempo, seu novo projeto. Nele, DuVernay se tornará a primeira mulher não-caucasiana a dirigir um filme de mais de US$100 milhões.

“Mas não sou a primeira a ser capaz disso”, notou a diretora no Twitter. “Nem de longe. Obrigado à Disney Studios por quebrar essa barreira comigo”.

Kathryn Bigelow (K-19: The Widowmaker) e Patty Jenkins (Mulher-Maravilha) foram as duas únicas mulheres a alcançarem o feito antes de Ava.

Cruella | Filme sobre vilã da Disney com Emma Stone ganha roteirista

Baseada na obra infanto-juvenil de Madeleine L’Engle, a trama acompanhará a viagem de crianças através do tempo e a jornada delas por mundos estranhos a fim de encontrar o pai, um cientista, desaparecido.

A apresentadora Oprah Winfrey viverá Mrs. Which, um dos personagens que ajudam as crianças ao longo de sua aventura.

O filme da Disney marcará a nova parceria de Oprah Winfrey e Ava Duvernay após Selma. Winfrey em breve começa a rodar o novo telefilme da HBO, The Immortal Life of Henrietta Lacks.

Enquanto isso, a versão cinematográfica de Uma Dobra No Tempo segue sem cronograma definido. O livro é o primeiro volume de uma saga dividida em quatro partes.

Rocketeer | Disney fará reboot com protagonista feminina

Publicidade
© 2021 Observatório do Cinema | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade