Nocturnal Animals | Jake Gyllenhaal: “Foi difícil interpretar alguém tão vulnerável”

Publicidade

Nocturnal Animals, suspense que marca a volta do estilista Tom Ford (Direito de Amar) à direção, estreou nesta sexta-feira (02) no Festival de Veneza. Na estreia, o diretor e o astro Jake Gyllenhaal conversaram com a imprensa sobre o filme.

“Para mim esse personagem é uma mudança radical, porque eu acabei de interpretar dois personagens muito físicos, que tinham muito a ver com proteger sua família e as pessoas que eles amam, e eu tinha que responder fisicamente às emoções. Esse roteiro não poderia ter vindo em um momento melhor, porque pude mudar de direção. Foi difícil interpretar alguém tão vulnerável, alguém que vê sua família ser tirada de si e não sabe o que fazer. Foram algumas semanas frustrantes de filmagens”, comentou o ator.

Confira as primeiras fotos do drama

Continua depois da publicidade

Baseada no romance “Tony and Susan”, de Austin Wright, a trama é descrita como “uma história dentro de uma história”, com a primeira parte acompanhando uma mulher chamada Susan (Adams), que recebe um manuscrito do ex-marido (Gyllenhaal), a quem deixou há 20 anos, pedindo sua opinião.

O tal manuscrito, então, traz duas histórias: a do romance do título, “Animais Noturnos”, que conta a história de um homem cujas férias em família se tornam violentas e mortais; e a história de Susan, em que ela recorda seu primeiro casamento e enfrenta algumas verdades sombrias sobre si mesma. Hammer viverá o atual marido de Susan.

Armie Hammer, Michael Shannon, Kim Basinger e Aaron Taylor Johnson completam o elenco.

Nocturnal Animals será exibido em festivais de cinema antes de chegar oficialmente às salas americanas, em 18 de novembro.

Publicidade
© 2021 Observatório do Cinema | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade