Snowden | “Espero que Obama perdoe Snowden”, diz Oliver Stone

Publicidade

Oliver Stone quer que Barack Obama estenda o perdão presidencial a Edward Snowden antes de sair da Casa Branca. O sempre polêmico cineasta, que está prestes a lançar um filme sobre o informante da NSA, falou sobre o assunto com a imprensa no Festival de Toronto.

“O Sr. Obama poderia perdoá-lo. Tem esse poder, e esperamos que use”, intimou. “Mas seria uma mudança de atitude bem drástica. Ele tem sido um dos gerentes mais eficientes do mundo da vigilância. Ele levou mais informantes ao julgamento que qualquer outro presidente. Ele criou e construiu esse estado de vigilância constante em que vivemos”.

“Racionalmente, portanto, duvido que ele vá perdoá-lo, mas temos esperança”, riu o diretor.

Continua depois da publicidade

Também na sessão de imprensa, o elenco do filme falou sobre o estado da privacidade atualmente. “Quando você está se registrando no Facebook, tem todo aquele texto no começo que ninguém lê – eu não li! – que os permite fazer um monte de coisas com suas informações”, disse Shailene Woodley.

“Eu sei que é assustador, mas eu tenho esperança. Estou feliz em viver em um país em que posso protestar contra isso em forma de filme. Não desisti de nós ainda”, completou Joseph Gordon-Levitt.

Diretor e elenco falam sobre experiência de conhecer Edward Snowden

Snowden conta a história do ex-funcionário da CIA Edward Snowden (vivido por Joseph Gordon-Levitt) que divulgou para a imprensa uma série de documentos sigilosos da Agência de Segurança Nacional dos EUA que comprovaram atos de espionagem do governo norte-americano.

Shailene Woodley faz a namorada do analista. Scott Eastwood, Nicolas Cage, Timothy Olyphant, Zachary Quinto, Tom Wilkinson e Melissa Leo completam o elenco principal.

Dirigido por Oliver Stone, Snowden chega aos EUA em 16 de setembro e em 22 de setembro no Brasil.

Confira o trailer do filme

Publicidade
© 2021 Observatório do Cinema | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade