Diretor do novo King Kong: “É um regresso ao filme de 1933”

Publicidade

Kong: A Ilha da Caveira, filme de origem do King Kong, ganhou recentemente sua primeira imagem do gorilão, que você pode conferir mais abaixo.

O diretor Jordan Vogt-Roberts deu entrevista à EW sobre a concepção de sua monstruosa criatura: “É um regresso a versão de 1933, no sentido de que ele é essa criatura bípede que anda ereto, não um gorila anatomicamente correto, que anda em quatro patas. Nosso Kong não é só um grande gorila, ele é algo de sua própria espécie. Ele tem suas próprias regras, Queremos prestar homenagens ao que veio antes e, ao mesmo tempo, fazer algo diferente”, contou.

“Há várias pequenas homenagens ao filme de 1933. Ele é em preto e branco, então é fácil presumir que o pelo do gorila era preto, mas na verdade se você vê as artes da época, o pelo dele era mais marrom, então também tentamos reproduzir isso no nosso filme. Queríamos criar esse sentimento de que, quando os humanos olhavam para ele, percebiam que estavam olhando para um Deus”, comentou ainda.

Continua depois da publicidade

Kong: Skull Island chegará aos cinemas brasileiros em 9 de março de 2017, antecipando o crossover Godzilla vs Kong, que reunirá os dois monstros icônicos em 2020.

Novo gorila terá 30 metros de altura, revela produtor

Tom Hiddleston, Samuel L. Jackson, Brie Larson, Corey Hawkins, Jason Mitchell, John Goodman, Shea Whigham e John Ortiz formam o elenco principal.

O filme servirá como prelúdio para a franquia, se passando em Detroit, no início dos anos 1970, e explorando o local de origem do gorila gigante, a Ilha da Caveira. O filme dará início ao universo compartilhado entre as criaturas gigantes dos estúdios, que culminará com o crossover Godzilla vs Kong.

Derek Connolly, roteirista de Jurassic World, assinou a última versão do script. A direção está a cargo de Jordan Vogt-Roberts (Os Reis do Verão).

Publicidade
© 2021 Observatório do Cinema | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade