Animais Noturnos | Diretor causa polêmica ao dizer que homens deviam ser penetrados pelo menos uma vez na vida

Publicidade

O diretor e estilista Tom Ford, responsável pelo elogiado Animais Noturnos, causou certa repercussão nas redes sociais ao afirmar que todos os homens deveriam ser penetrados ao menos uma vez na vida. Para Ford, a experiência “ajudaria os homens a entender as mulheres”.

O cineasta revelou tal ideia em uma entrevista para a revista norte-americana GQ. “É uma posição bastante vulnerável e passiva. Envolve muita invasão, mesmo que seja consensual é muito pessoal”, disse o artista.

“Não é apenas uma questão sexual, estar nessa posição ajuda a compreender e apreciar mais uma mulher. É algo que a maioria dos homens não consegue entender”, afirmou.

Continua depois da publicidade

Jake Gyllenhaal e Amy Adams falam sobre romance no filme

Animais Noturnos é baseado no romance “Tony and Susan”, de Austin Wright, e gira em torno de Susan Morrow (Amy Adams), uma negociante de arte de Los Angeles que vive uma vida privilegiada, mas incompleta, ao lado de seu marido Hutton Morrow (Armie Hammer). Em um final de semana, após Hutton partir em uma de suas frequentes viagens de negócios, Susan recebe um pacote inesperado: um livro escrito por seu ex-marido, Edward Sheffield (Jake Gyllenhaal), e dedicado a ela. Uma publicação violenta e desoladora.

Armie Hammer, Michael Shannon, Kim Basinger e Aaron Taylor Johnson completam o elenco.

Animais Noturnos estreia em 29 de dezembro no Brasil depois de passar pelo Festival do Rio e pela 40ª Mostra de SP.

Publicidade
© 2021 Observatório do Cinema | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade