Ghost | “Patrick Swayze se recusaria a fazer o filme se eu não estivesse”, revela Whoopi Goldberg

Publicidade

Whoopi Goldberg teve o ápice da sua carreira ao vencer o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante por interpretar a médium Oda Mae Brown em Ghost: Do Outro Lado da vida, mas a história poderia ter sido diferente.

A atriz não era uma das primeiras escolhas dos produtores para o papel – mas o protagonista Patrick Swayze conveceu-os a reconsiderar Goldberg para viver Mae. Como ele fez isso? Ameaçando sair do filme se a atriz não fosse escalada.

“Patrick foi contratado e perguntou ‘Por quê não Whoopi Goldberg? Vocês falaram com ela?’ Eles disseram que não. Então, Patrick respondeu: ‘Não, eu não vou me comprometer com isso [o filme] sem falar com ela para ver se ela gostaria de estar no filme”.

Continua depois da publicidade

Goldberg disse que, segundo o seu agente, os produtores não a queriam no filme. “Alguns dias se passaram e Patrick me perguntou: ‘Por quê você não quer fazer o filme?’. Eu disse que adoraria fazer o filme, mas que os produtores não me queriam. Ele respondeu: ‘Se vocês não a contratarem, eu não farei esse filme”.

Além do Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante, Ghost também levou o prêmio de Melhor Roteiro Original da Academia em 1991.

Publicidade
© 2021 Observatório do Cinema | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade