Logan é “uma carta de amor aos fãs de Wolverine”, afirma Hugh Jackman

Publicidade

Durante a première de Logan no Festival de Berlim, Hugh Jackman falou sobre sua despedida como Wolverine neste terceiro filme solo do personagem – Logan será o último filme de Jackman na pele do mutante.

“Eu amo o personagem. Não posso dizer que vou sentir falta, porque ele não vai a lugar nenhum, ele sempre estará comigo”, disse o ator (via THR) aos repórteres de plantão.

“Este personagem está dentro de mim há 17 anos, mas apenas nesse filme eu consegui chegar até o coração dele”, continua. “Se eu tiver que dizer a meus netos qual dos filmes [do Wolverine] assistir, eu vou dizer que este é o filme que define esse personagem”.

Continua depois da publicidade

Jackman descreve ainda o filme Logan como uma “carta de amor” aos fãs:

“O filme realmente é uma carta de amor para os fãs de Wolverine. Mas, além disso, eu quis fazer um filme que as pessoas que nunca assistiram uma adaptação de quadrinhos possam ver e tirar algum proveito”.

Imprensa dos EUA exalta o novo filme solo de Wolverine

Logan mostrará o mutante e o Professor Charles Xavier tentando lidar com a perda dos X-Men enquanto tentam impedir uma corporação liderada por Nathaniel Essex de destruir o mundo. As habilidades mutantes de Logan estão cansadas e o Alzheimer do Professor Xavier está fazendo-o esquecer dos X-Men, e Logan acaba se aliando à Laura Kinner, clone feminino de Wolverine, para encontrar Nathaniel.

“Estamos preocupados com o tom sombrio do filme”, admite presidente da Fox

Boyd Holbrook (Narcos) faz o vilão principal, e Richard E. Grant, Eriq Lasalle e Elise Neal completam o elenco de Logan, que será proibido para menores de 18.

Dirigido por James Mangold (Wolverine – Imortal), Logan chegará aos cinemas brasileiros em 2 de março.

Publicidade
© 2022 Observatório do Cinema | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade