Netflix e Warner ficam atrás de outros estúdios em contratação de mulheres

Netflix
Publicidade

A Variety publicou um estudo sobre a contratação de mulheres em posições executivas na indústria de entretenimento, e o resultado não ficou bonito para a Netflix e para a Warner, duas das maiores empresas do ramo.

A pesquisa, que inclui apenas mulheres em cargos de vice-presidente de seus setores ou acima, com peso executivo comprovado nas tomadas de decisão, apontou que apenas 35% desses cargos são ocupados por mulheres na Warner.

Enquanto isso, a Netflix aparece com uma porcentagem melhor, 48%, ainda abaixo de outras gigantes do mercado da TV, como a emissora aberta CBS, a maior dos EUA, que contrata 59% de mulheres para esses cargos.

Continua depois da publicidade

Entre os estúdios de cinema, a porcentagem é parecida com a da NetflixSony e Paramount, por exemplo, tem 45% de mulheres em posições executivas.

A emissora AMC, que exibe The Walking Dead, é outra que sai perdendo, com 40% de mulheres em sua mesa de diretores.

Publicidade
© 2021 Observatório do Cinema | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade